Mostrando postagens com marcador Educação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Educação. Mostrar todas as postagens

16/02/2024

Escola do Legislativo Parnaibano realiza Aula Inaugural com palestra gratuita sobre o papel do poder legislativo municipal


A Câmara Municipal de Parnaíba está promovendo a Aula Inaugural do Ano de 2024, por meio da Escola do Legislativo Parnaibano "Vereador Iweltman Mendes". O evento contará com a palestra intitulada "O papel institucional do Poder Legislativo Municipal – História e Perspectiva", a ser ministrada pelo renomado juiz de direito e mestre em direito constitucional pela Universidade de Coimbra, Dr. Rostonio Uchoa.

A Aula Inaugural está agendada para sexta-feira, dia 23 de fevereiro de 2024, com início às 19h, e será realizada no plenário da Câmara Municipal de Parnaíba. Para participar, é necessário realizar a inscrição de forma online através do formulário eletrônico disponível no site oficial da Câmara Municipal: https://www.parnaiba.pi.leg.br/.

A iniciativa para criar a Escola do Legislativo Parnaibano partiu do presidente Daniel Jackson, e a instituição começou suas atividades no ano de 2023. Seu principal objetivo é capacitar os servidores do Poder Legislativo, além de oferecer cursos direcionados à população em geral em diversas áreas do conhecimento.

Detalhes do Evento:

Tema: O Papel Institucional do Poder Legislativo Municipal – História e Perspectiva
Palestrante: Dr. Rostonio Uchoa, Juiz de Direito e Mestre em Direito Constitucional
Data: 23/02/2024
Horário: 19h
Local: Plenário da Câmara Municipal de Parnaíba

A participação na Aula Inaugural é uma oportunidade valiosa para compreender a importância e o desenvolvimento histórico do Poder Legislativo Municipal, proporcionando aos participantes uma visão aprofundada sobre o tema.


Da redação do Portal PHB em Nota
Com informações da Diretoria de Comunicação da CMP

13/02/2024

Indivíduo que fez estudante refém na Uespi é condenado a 12 anos de prisão

Gleison Rodrigues foi condenado ao pagamento de indenização por danos morais no valor de R$ 500 mil.


O juiz substituto Sávio Ramon Batista da Silva, auxiliando a 1ª Vara Criminal da Comarca de Parnaíba, condenou o individuo Gleison Rodrigues dos Santos a 12 anos e 08 meses de reclusão pelos crimes de cárcere privado e estupro contra a estudante de iniciais T. A. C. dos S. A sentença foi dada no dia 24 de novembro de 2023.

Os crimes ocorreram no dia 03 de maio de 2019, quando Gleison de 27 anos, invadiu uma sala de aula do Campus Alexandre Alves Oliveira da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), de Parnaíba, e fez a então a vítima refém.

Durante o Julgamento pelo Tribunal do Júri, o Conselho de Sentença absolveu Gleison em relação do crime de tentativa de feminicídio e o condenou pelas práticas dos crimes de dano qualificado (6 meses de detenção), cárcere privado qualificado (2 anos e 8 meses de reclusão) e estupro (10 anos de reclusão).

Somadas as penas dos delitos, ficou definida a pena de 12 anos e 08 meses de reclusão e 06 meses de detenção, que deverá ser cumprida inicialmente em regime fechado. Foi concedido ainda a ele o direito de recorrer da sentença em liberdade.

Gleison também foi condenado ao pagamento do valor de R$ 500 mil pelos danos morais sofridos.

Relembre o caso

No dia 3 de maio de 2019, Gleison foi preso após invadir uma sala de aula da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) de Parnaíba e fazer a estudante refém. Segundo informações da Polícia Militar de Parnaíba, a guarnição foi acionada por volta de 20h para atender a ocorrência. "O problema é passional. Um rapaz entrou na Uespi armado com uma faca. Ele pegou a vítima e trancou dentro de uma sala", relatou o tenente Daniel na época.

De acordo com o tenente, o acusado chegou a lesionar a vítima com uma faca. "Ele chegou a cortar o braço dela. O motopatrulhamento foi até o local e negociou com ele, até que ele resolveu se entregar. Jogou a faca no chão, foi imobilizado e levado para a Central de Flagrantes", informou.

Fonte: Portal GP1

06/02/2024

Representante do MPPI realiza visita ao Centro Educacional Madre Savina em Luís Correia


O Ministério Público do Piauí, por meio do promotor de Justiça Adriano Fontenele, realizou visita ao Centro Educacional Madre Savina, em Luís Correia, com intuito de averiguar os cuidados e a educação das crianças que frequentam o local.

A visita foi acompanhada pela coordenadora pedagógica da instituição, Norma Suely Machado Freitas, e pela freira Frankilene dos Santos Silva, responsáveis pela administração e organização. As duas apresentaram ao membro do MPPI as instalações do centro educacional.


O Centro Educacional Madre Savina oferece, há 16 anos, educação de tempo integral a crianças de 02 a 05 anos de idade, de forma gratuita, bem como disponibiliza as crianças fardamento, material de ensino e três refeições diárias.


A instituição compõe a rede privada de ensino de Luís Correia e pertence a ANBEAS (Associação Brasileira de Educação e Assistência Social), entidade que mantém a instituição. São atendidas em média 100 crianças, sem apoio governamental.

Durante a visita, foram alinhados assuntos sobre a destinação de valores oriundos de Transações Penais e Acordos de Não Persecução Penal (ANPP), de forma a serem revertidos em melhorias ao local e aquisição de bens, como também, a ampliação dos serviços prestados pelo Centro Educacional visando o melhor desenvolvimento intelectual e social das crianças.


O promotor Adriano Fontenele reafirmou o compromisso do Ministério Público em contribuir com a instituição, visando o melhor desenvolvimento das crianças e famílias residentes no município de Luís Correia.

Coordenadoria de Comunicação Social - MPPI
Edição: Portal PHB em Nota

05/02/2024

Em parceria com o SENAI, Prefeitura de Bom Princípio do Piauí realiza entrega de Certificados dos Cursos de Operador de Computador e Excel Avançado


Na manhã desta segunda-feira (05/02), a Prefeitura de Bom Princípio do Piauí, em parceria com o SENAI, promoveu uma cerimônia de entrega dos Certificados dos Cursos de Operador de Computador e Excel Avançado. O evento realizado no Pátio do Ginásio Teresinha de Jesus Marques Rabelo, contou com a participação ilustre da Diretora do SENAI, Juliana Falcão, da Secretária Municipal de Educação, Jacyrema Gouvêa, da Secretária Municipal de Administração, Leisse Moraes, da Secretária Municipal de Assistência Social, Rivany Carvalho, do professor das duas turmas, Edilson Paz, e da Diretora do Ginásio Teresinha de Jesus Marques Rabelo, Gorete Galeno.


Durante a solenidade, a Secretária Jacyrema Gouvêa expressou seus sinceros parabéns aos formandos, desejando-lhes sorte e sucesso em suas jornadas profissionais. A Diretora do SENAI, Juliana Falcão, também congratulou os formandos, manifestando votos de prosperidade e reafirmando o compromisso contínuo de colaboração entre o SENAI e a Prefeitura de Bom Princípio do Piauí. Ela ressaltou a intenção de fortalecer essa parceria com o objetivo de proporcionar mais oportunidades de aprendizado e capacitação por meio de novos cursos para o município de Bom Princípio do Piauí.


SECOM - PMBPP

01/02/2024

Ex-aluna do Projeto Sesc EAD – EJA é aprovada em 2º lugar em curso de Pedagogia

Como é bom fazer parte da conquista de vocês!

Rosa Teles ao lado do presidente da Fecomércio Valdeci Cavalcante.

Com alegria, comunicamos a aprovação da ex-aluna do Projeto Sesc EAD – EJA, Rosa Teles de Oliveira e Sousa, de 55 anos, por sua aprovação em 2º lugar para Pedagogia na Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS).

O projeto Educação a Distância (EAD – EJA) cria caminhos para que jovens e adultos possam cursar o Ensino Médio a distância e, ao mesmo tempo, obtenham uma qualificação profissional em produção cultural.

É bonito ver que o trabalho do Sesc apoia pessoas no seu engajamento com a educação e no compromisso em desenvolver coletivamente possibilidades para um mundo melhor.

Parabéns, Rosa!

Assessoria de Comunicação

31/01/2024

Prefeitura de Bom Princípio do Piauí divulga data para o início das aulas em toda rede municipal


A Prefeitura de Bom Princípio do Piauí, através da Secretaria Municipal de Educação, informa que o início das aulas na rede municipal de ensino está programado para o dia 19 de fevereiro de 2024.

Este anúncio reflete o compromisso contínuo com a educação e o bem-estar dos estudantes, pais e professores, proporcionando um ambiente educacional seguro e propício ao aprendizado.

A gestão Lucas Moraes reitera seu empenho em promover uma educação de qualidade e espera contar com a colaboração de todos os envolvidos para o sucesso deste novo período letivo.

Fonte: SECOM - PMBPP

29/01/2024

Prefeitura de Parnaíba intensifica matrículas na Rede Municipal de Ensino


A Prefeitura de Parnaíba, através da Secretaria Municipal de Educação, está intensificando as matrículas na Rede Municipal de Ensino, nas mais de 90 escolas nas zonas urbana e rural da cidade, para creches, educação infantil e fundamental. As escolas da cidade foram totalmente restruturadas, oferecendo para os alunos um ambiente de amor e acolhimento adequado. Merenda de qualidade, servidores qualificados, fardamento, transporte escolar e um ensino de qualidade.

O prefeito Francisco de Assis de Moraes Souza, Mão Santa, destaca que a grande procura por vagas nas escolas municipais de Parnaíba se deve ao padrão de ensino, material didático e merenda de qualidade, alto nível de qualificação dos professores e estrutura física das escolas que foram reformadas, ampliadas e melhoradas, além de transporte escolar para os alunos das comunidades rurais.

Os responsáveis pelo(a)s aluno(a)s devem se dirigir às escolas mais próximas de suas casas para efetuar a matrícula, portando todos os documentos de identificação e da vida escolar do estudante. A expectativa é superar a realização de 20 mil matrículas para o ano letivo de 2024.

As matrículas seguem até o final do mês de janeiro. Para o ano de 2024 a Prefeitura de Parnaíba vai disponibilizar 9 escolas em tempo integral, um centro de referência na Escola Municipal Lima Couto, onde funcionará o Centro de Educação de Jovens e Adultos.

SupCom - PMP

28/01/2024

Bom Princípio do Piauí pelo segundo ano consecutivo conquista o 1º lugar na planície litorânea no SAEPI


Bom Princípio do Piauí tem se destacado como um verdadeiro exemplo de excelência no cenário educacional estadual. Em um feito notável, a cidade conquistou, pelo segundo ano consecutivo, a primeira posição na planície litorânea no Sistema de Avaliação Educacional do Piauí (SAEPI).

Esta avaliação, que visa analisar o desempenho dos alunos da rede pública, destaca a qualidade do ensino oferecido no município. O êxito nesse aspecto tornou-se um marco histórico da gestão Lucas Moraes, cujo comprometimento com a educação se reflete nos resultados positivos obtidos.


Todas essas conquistas são resultado do excelente trabalho da competente Equipe da SEMED, sob a liderança da Secretária Jacyrema Gouvêa, da Equipe PPAIC, Coordenadores, Gestores Escolares, Professores e todos os Profissionais da Educação.

O empenho conjunto desses protagonistas, aliado ao suporte incondicional do excelentíssimo Prefeito Lucas Moraes, evidencia o compromisso da gestão municipal com a construção de um futuro educacional sólido e promissor para Bom Princípio do Piauí.

Fonte: SECOM - PMBPP

24/01/2024

João Paulo Macedo é nomeado novo Reitor da UFDPar


O professor doutor, João Paulo Sales Macedo, foi nomeado Reitor da Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar) para o mandato de quatro anos. , para exercer o cargo de Reitor da referida Universidade, com mandato de quatro anos. O decreto foi publicado no Diário Oficial da União de terça-feira (23/01), sendo escolhido pelo presidente Lula da Silva, através do ministro da Educação, Camilo Santana.

Dentro do processo eleitoral para escolha do próximo reitor ocorrido no dia 16 de outubor, a chapa 2, encabeçada por João Paulo Macedo, teve 40,91% dos votos e a chapa 3, tendo a frente Milka Meireles, teve 37,12% dos votos. Dos poucos mais de cinco mil eleitores, pouco mais de dois mil compareceram as urnas para contribuir neste processo.

Por fim, o psicólogo João Paulo Sales Macedo foi escolhido pela Presidência da República para os próximos quatro anos.

Veja o que diz o Decreto:

“MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

DECRETO DE 23 DE JANEIRO DE 2024

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso XXV, da Constituição, e tendo em vista o disposto no art. 16. caput, inciso I, da Lei nº 5.540, de 28 de novembro de 1968, resolve:

NOMEAR

JOÃO PAULO SALES MACEDO, Professor da Universidade Federal do Delta do Parnaíba, para exercer o cargo de Reitor da referida Universidade, com mandato de quatro anos.

Brasília, 23 de janeiro de 2024 203° da Independência e 136º da República.

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA

Camilo Sobreira de Santana

Presidente da República Federativa do Brasil”

Fonte: Portal Costa Norte

23/01/2024

Professores da UESPI em Parnaíba intensificam greve e levam manifestação à Praça da Graça



Os servidores da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) no campus de Parnaíba permanecem em greve, marcando presença na manhã de hoje (23) na Praça da Graça, nas proximidades da Câmara Municipal de Parnaíba, em uma assembleia que movimentou aquela praça.

Na Praça da Graça, os grevistas expressaram suas reivindicações por meio de faixas e cartazes com palavras de ordem, destacando a importância de suas demandas. Além disso, distribuíram acerolas colhidas no espaço do projeto de pesquisa e extensão do curso de Agronomia, buscando chamar a atenção da população para a greve.


A decisão pela greve geral foi tomada em uma Assembleia Geral virtual, que contou com a participação de mais de 200 professores dos campi de Teresina, Campo Maior, Piripiri, Parnaíba, Floriano, Oeiras, Uruçuí, Picos, São Raimundo Nonato, Bom Jesus e Corrente. A deliberação foi clara: não retornar às atividades docentes no dia 02 de janeiro de 2024.

A medida extrema foi motivada pelo envio, por parte do governo do estado, de um projeto de lei (PL 09/2023) à Assembleia Legislativa do Piauí. Esse projeto propõe alterações no Plano de Cargos, Carreira e Remuneração da categoria docente, impactando negativamente a carga horária em sala de aula e desrespeitando o princípio constitucional da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão.

Além disso, a defasagem salarial da categoria, que ultrapassou 68% em 2023, também é um ponto crucial na pauta dos professores em greve. Os docentes buscam uma resposta do governador Rafael Fonteles (PT) para iniciar as negociações e reivindicam maior respeito pela instituição de ensino.

A greve dos professores da UESPI não apenas reflete a luta por condições dignas de trabalho e valorização profissional, mas também busca assegurar a qualidade do ensino superior no estado. A categoria está unida em prol de seus direitos e na defesa de uma educação pública de excelência.

Da redação do portal PHB em Nota

22/01/2024

Professores em greve da UESPI-Parnaíba distribuem acerolas à população


Os professores da Universidade Estadual do Piauí, campus de Parnaíba, aderiram de forma pesada ao movimento grevista estadual e já nessa segunda feira 22 se mobilizam realizando uma oficina temática às 16 para mostrar a unidade e força do movimento.

Segundo o comando de greve e a coordenação do curso de pedagogia, que organizam o movimento grevista no campus de Parnaíba, a recomendação é de que os apoiadores e simpatizantes, alunos, levem cartolinas, pincel, papel madeira peso 40 e fita gomada. A concentração será na área externa do campus da UESPI na avenida Nossa Senhora de Fátima a partir das 16horas. Serão confeccionados cartazes e documentários sobre a greve. O movimento grevista reivindica reajuste salarial e pela continuidade dos projetos de pesquisa e extensão.

Na terça-feira dia 23 de janeiro o movimento grevista prossegue a partir das 8horas. Uma caravana deve sair do campus às 7has30 para a Faculdade de Agronomia na 343 quando lá haverá colheita de acerola, do projeto de pesquisa e extensão do curso de Agonomia que será distribuída gratuitamente na praça da Graça. Recomenda-se levar roupas leves e apropriadas ao trabalho pesado, chapéu e água. A distribuição de acerola será a partir das 10 horas.

Fonte: APM Notícias

18/01/2024

Egressos da Escola Cívico Militar conquistam primeiras colocações no IFPI


Alunos da primeira turma de formandos do ensino fundamental do Sesc Centro Educacional Cívico Militar do Sesc em Parnaíba conquistaram as primeiras colocações para cursos técnicos do Instituto Federal de Educação do Piauí – IFPI. Pelo menos sete egressos do Sesc conquistaram vagas de destaque e vão estudar na escola federal a partir de 2024.

A estudante Andreza Rodrigues conquistou o segundo lugar para o curso de Análises Clínicas e o estudante João Gabriel Porto conquistou o 3º lugar o curso de Eletrotécnica. (veja relação abaixo). O desempenho dos alunos é a prova de que o caminho para o êxito envolve comprometimento e dedicação.

Eles concluíram o 9º ano em 2023 e participaram da cerimônia de investidura da boina, que teve a presença do presidente da Fecomércio Sesc Senac no Piauí, Valdeci Cavalcante, e o capitão dos Portos do Piauí, José Eduardo da Silva.

Ao falar do desempenho dos ex-alunos, a diretora do Centro Educacional, Nathália Barbosa, credenciou a conquista à dedicação dos alunos aliada à qualidade do ensino do Sesc.


Curso: Análises Clínicas

2° lugar – Andreza Santiago Rodrigues

7° lugar – Nicolle Sales dos Santos

Curso: Eletrotécnica

3° lugar – João Gabriel de Carvalho Porto

4° lugar – Eduardo Lima de Oliveira

5° lugar – Carlos Enrique Machado Barros

6° lugar – Lyvia da Silva Souza

25° lugar – Ana Karynne Neves da Silva

Assessoria de Comunicação

17/01/2024

Jovem deixa de ir à praia com amigos para estudar e conquista nota máxima em matemática no Enem 2023: 'valeu a pena'

Luiz abraçou essa rotina forte de estudos em 2023, o seu terceiro Enem, para conseguir uma vaga em medicina na Universidade Federal do Delta do Parnaíba, litoral do Piauí, na cidade onde nasceu e mora.

Luiz Henrique Ferreira Lima, de 19 anos, de Parnaíba (PI), tirou 958,6 em Matemática e suas tecnologias — Foto: Acervo pessoal

O jovem Luiz Henrique Ferreira Lima, de 19 anos, conquistou a nota máxima em Matemática e Suas Tecnologias no Enem 2023, 958,6 pontos. Mas, para conseguir, ele teve de fazer grandes sacrifícios como, por exemplo, deixar de ir à praia com os amigos

"Eu passava os dias inteiros no cursinho, tipo 12 horas por dia, contando o tempo de descanso, banho, almoço... Na semana e no final de semana. Nos domingos, meus amigos estavam na praia e eu estudando. Foi um sacrifício que fiz, e que valeu a pena", comentou o rapaz.

Luiz abraçou essa rotina forte de estudos em 2023, o seu terceiro Enem, e passou seus dias no Centro Educacional Contexto, que lhe concedeu uma bolsa de estudos. O objetivo dele é uma vaga em medicina na Universidade Federal do Delta do Parnaíba, na cidade onde nasceu e mora.

Mas se engana quem pensa que ele forçou a barra e exagerou no tempo de estudos. A rotina contava ainda com pausas para descanso.

"Tirei um tempo de descanso em julho, de 15 dias, para minha saúde mental mesmo. A gente tem que entender nosso limite. É claro que a gente quer ir até o máximo, mas não pode causar um stress que atrapalhe a prova", avaliou.

Luiz contou ainda que focou nos estudos de matemática e redação por serem as notas de maior peso. "Pensei que se garantisse notas boas nessa, elas poderiam puxar meu resultado para cima. Fiquei satisfeito", disse.

Seis nota 1000 em redação

Piauí tem 6 redações nota mil no Enem 2023 — Foto: Reprodução

O Piauí teve seis notas mil, a pontuação máxima, na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2023. O resultado foi divulgado nesta terça-feira (16) pelo Ministério da Educação, em coletiva de imprensa. 

O Piauí, ao lado do Rio Grande do Norte e do Rio Grande do Sul, teve o segundo melhor resultado, com seis notas 1000. À frente, ficaram São Paulo e Rio de Janeiro, cada um com sete redações com a maior pontuação possível.

Ao todo, foram 60 notas máximas no país. Em 2022, o número total de redações que haviam tirado a pontuação máxima foi de 18.

Fonte: G1 PI

16/01/2024

UFDPar recebe visita técnica da EBSERH para viabilização do Hospital Universitário


A necessidade e viabilidade de implantação do Hospital Universitário da Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar) começou a ser trabalhada pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) na tarde de segunda-feira (15/01) com uma visita técnica do médico sanitarista Rodrigo Alves Torres Oliveira, que é assessor da Presidência da EBSERH, e quem vai construir o relatório técnico, após apreciação da rede de saúde da região. O Assessor foi acolhido pelo reitor da UFDPar, João Paulo Macedo.



A visita técnica da Representação da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) à UFDPar reforça a demanda para a implantação do Hospital Universitário em Parnaíba. O Hospital Universitário será instalado no Bairro São João, na Avenida 19 de Outubro, que fica ao lado Instituto Federal do Piauí (IFPI). O terreno já é de propriedade da Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar), após doação.


A presença de Rodrigo Oliveira, assessor da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, trata-se do início da primeira etapa do processo, que se segue de intervenções burocráticas e orçamento. Rodrigo estará em Parnaíba durante três dias recolhimento elementos para apreciação crítica com vista na confecção de relatório a ser analisado pelo ministro da Educação, Camilo Santana.

O Hospital Universitário é essencial na qualificação dos futuros profissionais de saúde, como também vai assegurar mais serviços. O hospital escola é referência e vai fazer diferença à grande população também.


Fonte: Portal Costa Norte

15/01/2024

Em parceria com a UFDPar, Sesc realiza capacitação sobre Educação Ambiental com os professores


Na manhã desta segunda-feira (15), teve início uma capacitação para a implantação de um modelo de Educação Ambiental nas escolas do Sesc, em parceria com Universidade Federal Delta do Parnaíba (UFDPar), as quais estão à frente a Professora Pós Dra. Patrícia Lemos e Professora Dra. Lucélia Araújo.


A formação está acontecendo no Centro Educacional Cívico-Militar Miranda Osório, tendo início hoje, dia 15 (segunda-feira) e finalizando no dia 17 (quarta-feira), com o intuito de conscientizar e instruir os professores das escolas do Sesc e UFDPar, a respeito dos problemas ambientais que enfrentamos nos dias de hoje, como aquecimento global, desmatamento, lixo nos oceanos, etc.


Neste primeiro momento, foi feito uma introdução ao tema e explicado a importância dos professores que, sendo formadores de opinião e fazendo parte do crescimento e desenvolvimento dos jovens e crianças, são uma parte fundamental deste trabalho


Atualmente, a unidades do Sesc já adotam um modelo educacional que visa a conservação e preservação do meio ambiente nas escolas e momentos como esse intensificam ainda mais o trabalho realizado com os alunos, que poderão contribuir ainda mais com a causa ambiental no futuro.

Da redação do Portal PHB em Nota

14/01/2024

Resultado do Enem 2023 sai na próxima terça-feira (16); veja como acessar

Este ano, o período de inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ocorrerá de 22 a 25 de janeiro.

Resultado do Enem 2023 sai na próxima terça-feira (16); veja como acessar | Agência Brasil

Sai nesta terça-feira (16) resultado do Enem 2023. Para conferir a nota, os estudantes devem acessar a Página do Participante até que seu boletim de desempenho apareça --a nota dos treineiros estará disponível apenas em março. O acesso à página é feito com o login único da plataforma gov.br. É preciso digitar o CPF e clicar em "Avançar". Lá, será possível encontrar o boletim de desempenho do Enem.

Para quem perdeu a senha, é possível recuperá-la ao clicar em "Esqueci minha senha", selecionar uma das formas de recuperação, preencher os campos solicitados e gerar uma nova senha. Dos 3,9 milhões de inscritos na edição de 2023, 1,2 milhões não fizeram o exame, o primeiro sob a atual gestão do presidente Lula (PT). A taxa de abstenção do exame foi de 32%.

O exame foi aplicado em novembro. O tema da redação foi "Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil". Esta edição do Enem ficou marcada por queixas de políticos de direita sobre um suposto viés ideológico em algumas questões. A bancada ruralista chegou a pedir anulação de duas questões que, na visão do grupo, produziam uma imagem negativa e errada do agronegócio.

SISU RECEBE INSCRIÇÕES A PARTIR DO DIA 22
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) desempenha um papel crucial como principal meio de ingresso ao ensino superior público, mas sua relevância não se limita a isso. Além de possibilitar acesso a instituições privadas e universidades internacionais, o Enem também serve como critério para programas como o Prouni (Programa Universidade para Todos) e o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).

Este ano, o período de inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), programa do Ministério da Educação que seleciona estudantes para universidades públicas em todo o país, ocorrerá de 22 a 25 de janeiro. Em uma mudança inédita, o processo seletivo será realizado apenas no início do ano, sem uma segunda edição em junho. Serão disponibilizadas 264.360 vagas em 127 instituições de ensino.

Via Portal Meio Norte
(Com informações da FolhaPress)

06/01/2024

Nova espécie de fungo é descoberta no Piauí em pesquisa realizada pela UFDPar

Foto: Freepik

Um trabalho de iniciação científica desenvolvido na Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar), no litoral do estado, resultou na descoberta de um novo fungo, Lichtheimia piauienses, em território piauiense. Existem apenas sete espécies no gênero Lichtheimia registradas cientificamente no mundo, sendo três consideradas patógenas a seres humanos.

O trabalho foi publicado na revista científica da área Mycological Progress no final de 2023 pelo egresso do curso de Ciências Biológicas, Mateus Oliveira da Cruz, orientado pela professora do curso de Ciências Biológicas da UFDPar Maria Helena Alves, doutora em Micologia.


A pesquisa que resultou na descoberta foi iniciada ainda em 2018, onde se estudava o desenvolvimento de fungos em excrementos de animais. Foi então que os pesquisadores identificaram que os esporos do novo fungo eram diferentes dos esporos das outras espécies de Lichtheimia. Foi necessária a realização de parcerias com outras instituições, como a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Chonnam National University da Coreia do Sul, para análise molecular e filogenética essencial a fim de confirmar a hipótese sobre ser uma nova espécie.

"Nós achamos esse fungo que se desenvolveu nas fezes de coelho. Esse fungo pertence ao gênero Lichtheimia, que atualmente possui oito espécies descritas, já contando com a espécie que nós descrevemos. Quando a gente encontrou esse fungo, a primeira característica que fez com que pensássemos que era uma nova espécie foram os esporos desse fungo, que apresentavam esporos diferentes das outras espécies desse gênero. Então, a gente procurou parcerias para poder fazer análise molecular filogenética desse fungo, para realmente detectar, confirmar que era uma nova espécie. E assim foi feito, nós fizemos análise molecular com parcerias com a Universidade Federal de Pernambuco, também a Universidade da Coreia, e assim publicamos essa nova espécie", disse o estudante Mateus Oliveira.

Quanto ao potencial de causar doenças a humanos, os cientistas revelaram que não se pode descartar o potencial patogênico, sendo necessário aprofundar a pesquisa.

"Não foram realizados todos os testes necessários, mas também não se pode descartar essa possibilidade, devido a espécies próximas apresentarem potencial patogênico, sendo necessárias futuras pesquisas sobre a patogenicidade e virulência, para responder essa questão”, comentou Mateus Oliveira.

A professora Maria Helena considerou a descoberta importantíssima para a comunidade que estuda fungos no mundo, no Brasil e principalmente no Piauí.

“A comunidade de fungos do Piauí é uma das comunidades menos conhecidas no Brasil. Essa descoberta demonstra que no Piauí há grandes perspectivas no contexto de espécies que ainda não foram catalogadas para o estado, como novas espécies que ainda não foram descritas e publicadas para a ciência”.

Fonte: Cidadeverde.com

03/01/2024

Rede Municipal de Ensino de Parnaíba inicia matrículas com oportunidades para estudantes


No mês de fevereiro, marca-se o início do ano letivo em Parnaíba, com a Rede Municipal de Ensino e suas instituições já disponibilizando vagas para matrículas. Com especial atenção para as escolas do ensino fundamental menor, a demanda é significativa, por isso é crucial agir rapidamente para assegurar uma vaga.


As secretarias das escolas municipais estão operando em horário regular, acolhendo pais e responsáveis para efetivação das matrículas dos alunos que integram a Rede Municipal de Ensino. Mesmo durante o período de férias, os serviços administrativos permanecem ininterruptos, permitindo que a comunidade tenha acesso a informações e possa sanar dúvidas.


O prefeito Mão Santa e a Secretária Municipal de Educação,  Fátima Silveira, reiteram seu compromisso com a educação parnaibana. Em uma entrevista recente, a Secretária Fátima Silveira resumiu os avanços educacionais no município e enfatizou a relevância deste momento para a comunidade. A gestão municipal prioriza a educação e empenha-se para proporcionar ensino de excelência aos alunos.


“Desde o início de janeiro, as matrículas estão abertas para todas as séries nas escolas municipais. É importante ressaltar que não é necessário passar a noite na escola para conseguir uma vaga. A rede municipal conta com 92 escolas que atenderão a todos os estudantes que desejam estudar, desde a educação infantil até a educação de jovens e adultos”, afirmou a Secretária de Educação Fátima Silveira.

Em destaque para este ano, a novidade é a introdução da Educação em Tempo Integral, cujas vagas já estão esgotadas. No entanto, a Secretária indica outras escolas municipais para os interessados.


Fátima Silveira também destacou as conquistas da educação pública em Parnaíba, citando o exemplo da Escola Roland Jacob, onde alunos foram premiados com medalhas de ouro, prata e bronze. Este reconhecimento destaca a dedicação e empenho da gestão educacional sob a liderança do prefeito Francisco de Assis Moraes Souza (Mão Santa), um defensor fervoroso da educação de qualidade.

Em suas palavras finais, a Secretária reforçou o orgulho da comunidade parnaibana pela educação municipal, evidenciando os resultados positivos e a qualidade do ensino proporcionado.

Da redação do Portal PHB em Nota

26/12/2023

UFPI e UFDPar manifestam preocupação com orçamento para 2024

Foto: Reprodução / UFPI

As duas universidades públicas federais do Piauí, a Universidade Federal do Piauí (UFPI) e a Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar) publicaram neste fim de semana postagens demonstrando preocupação com o orçamento aprovado pelo Congresso Nacional para as universidades em 2024.

Tanto a UFPI como a UFDPar compartilharam a nota da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais (ANDIFES) em que demonstram 'preocupação' e 'indignação' com o valor, que foi aprovado pelo Congresso Nacional em sessão na última sexta-feira (22).

O orçamento aprovado para o Governo Federal em 2024 prevê R$ 5.957.807.724,00 para as universidades federais, um valor ainda menor do que foi aprovado em 2023 na chamada PEC da Transição.

Em um trecho da nota publicado, a associação sugere um acréscimo de, pelo menos, R$ 2,5 bilhões para o custeio de despesas elementares.

"Após estudos técnicos que consideram a difícil situação econômica do país, reafirmamos a necessidade de acréscimo de, no mínimo, R$ 2,5 bilhões no orçamento do Tesouro aprovado pelo Congresso Nacional para o funcionamento das universidades federais em 2024. Esses recursos são imprescindíveis para custear, entre outras despesas, água, luz, limpeza e vigilância, e para garantir bolsas e auxílios aos estudantes", diz trecho da nota.

As universidades piauienses ainda não disseram qual a previsão orçamentária para 2024 e como a redução destes recursos poderão afetar as atividades nas instituições.

Veja nota da Andifes na íntegra a seguir:

A diretoria da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), que reúne todas as 69 universidades federais e dois centros federais de educação tecnológica, vem a público expressar a sua indignação com o orçamento das universidades federais para 2024, aprovado pelo Congresso Nacional nesta sexta-feira, 22.

Nos últimos anos, as universidades federais têm enfrentado redução sistemática dos recursos destinados para funcionamento e investimento. Simultaneamente, houve aumento do número de universidades, localizadas principalmente no interior do país, e do número de vagas e de cursos de graduação e de pós-graduação. Além de formarem pessoas com excelência reconhecida nacional e internacionalmente, as universidades federais realizam a maior parte da pesquisa do país e têm ampliado cada vez mais a sua atuação na sociedade, como presenciado durante a pandemia de covid-19 e nas diversas ações diretas para a melhoria da vida da população brasileira.

No entanto, todo o esforço das universidades federais em prol do povo brasileiro não encontra sustentação em orçamento minimamente adequado. O Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) 2024 para as universidades federais já continha um orçamento menor, em valores nominais, do que o montante conquistado em 2023 com a chamada PEC da transição, que foi de R$ 6.268.186.880,00. Mesmo após diversas reuniões da Diretoria da Andifes com lideranças do Governo Federal e do Congresso Nacional, a redução se acentuou ainda mais na Lei Orçamentária aprovada, resultando no montante de R$ 5.957.807.724,00 para as universidades federais, ou seja, valor R$ 310.379.156,00 menor do que o orçamento de 2023.

As reitoras e os reitores das universidades federais brasileiras vêm, mais uma vez, destacar a necessidade urgente de recomposição do orçamento das universidades federais para 2024. Após estudos técnicos que consideram a difícil situação econômica do país, reafirmamos a necessidade de acréscimo de, no mínimo, R$ 2,5 bilhões no orçamento do Tesouro aprovado pelo Congresso Nacional para o funcionamento das universidades federais em 2024. Esses recursos são imprescindíveis para custear, entre outras despesas, água, luz, limpeza e vigilância, e para garantir bolsas e auxílios aos estudantes.

Com o intuito de assegurar o cumprimento adequado da missão social, acadêmica e científica de nossas instituições, torna-se imperativo iniciar um processo sustentável e contínuo de reequilíbrio do orçamento das universidades federais.

Brasília, 22 de dezembro de 2023.

Presidente: Reitora Márcia Abrahão Moura (UnB)

Vice-presidente: Reitor José Daniel Diniz Melo (UFRN)

Vice-presidente: Reitora Lucia Campos Pellanda (UFCSPA)

Vice-presidente: Reitor Sylvio Mário Puga Ferreira (UFAM)

Vice-presidente: Reitor Valder Steffen Júnior (UFU)

Fonte: CidadeVerde.com
 

COOKIES