24/11/2017

NUCEPE participa de audiência pública sobre candidatos reprovados que recorrem medida na Justiça

Audiência Pública na Câmara Municipal de Teresina aconteceu nesta quinta (23)

Pelo menos quatro em cada dez candidatos reprovados nos Exames Psicológicos realizados pelo Núcleo de Concurso e Promoções de Eventos (NUCEPE) em concursos públicos no Piauí vão à Justiça pra pedir uma decisão em caráter liminar que lhes garanta participação nas etapas seguintes do certame. A revelação foi feita na noite desta quinta-feira (23) pelo presidente da banca de concursos da UESPI, Pedro Soares Júnior, durante audiência pública realizada pela Câmara Municipal de Teresina para tratar do assunto.

Ele mostrou um quadro comparativo dos últimos concursos revelando que a prática é corriqueira e que a grande parte dos que vão à Justiça acabam conseguindo a autorização para participar das etapas posteriores do concurso.

Somente no último concurso realizado pelo NUCEPE para a Polícia Militar do Piauí, dos 354 candidatos que se submeteram ao Exame Psicológico, 25 foram reprovados. Destes 25, um total de 20 entraram com pedido para fazer as etapas seguintes: exame médico e investigação social. A diferença é que neste concurso, até agora, nenhum deles ganhou a liminar solicitada.

No concurso realizado pelo Nucepe para a mesma instituição no ano de 2013, por exemplo, dos 770 candidatos que se submeteram ao exame, foram reprovados 139. Destes, 41 apresentaram recurso na Justiça e todos foram autorizados a seguir no certame.

A audiência pública foi solicitada pelos vereadores Edilberto Borges (Dudu) e Major Paulo Roberto e aprovada por todos os vereadores presentes na sessão. Na noite de ontem participaram, além deles, a vereadora Teresa Brito, o vereador R. Silva, o deputado Georgiano Neto e representantes da Amapi, da PMPI, das associações de classe dos militares e do Conselho Estadual de Psicologia.

Como encaminhamento, foi sugerida a realização de um seminário para ampliar a discussão sobre o assunto com a participação de todas estas instituições e do Ministério Público.

Assessoria de Comunicação - UESPI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google