01/11/2017

Governo do Estado e Fecomércio fazem nova discussão sobre marina e Porto de Luís Correia


Com objetivo de aprofundar a discussão sobre o projeto da Estação Ecológica de Amarração, no litoral do Piauí, para integrá-lo ao projeto do Porto de Luís Correia, representantes do Governo do Piauí e da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Piauí (Fecomércio) estiveram reunidos novamente, nesta terça-feira (31), na sede do Sesc, em Teresina. A Fecomércio estima investir cerca de R$ 60 milhões no projeto da marina na praia de Amarração.


O deputado Dr. Hélio Oliveira (PR), que acompanha essa discussão, desde o primeiro encontro, com o governador Wellington Dias, acredita que essa parceria vai garantir as adequações necessárias dos projetos técnicos para integrar ações de fomento do turismo e da pesca.

“Eu vejo tudo isso com uma possibilidade real do Piauí ter o seu porto e sua marina. São obras muito importantes para a economia do Estado, para a região da Planície Litorânea, e, por isso, estamos abraçando esse projeto que é um sonho de todos os piauienses”, destaca Dr. Hélio. 


O presidente da Fecomércio, Valdeci Cavalcante, também ficou entusiasmado com a reunião, adiantando que na próxima semana estará com o projeto pronto com todas as informações para análise do Governo. “O Governo deverá nos ceder a área da Praia de Amarração para construção da marina como também um prédio no centro de Parnaíba, que vamos restaurar. Será uma cessão de uso real por tempo determinado, a exemplo do que ocorre com a Ceapi”, explica. 

Também participaram da reunião, o secretário estadual de Administração, Franzé Silva; a superintendente das PPPs, Viviane Moura; e o vice-presidente do Fecomércio, Dênnis Cavalcante.

TITO FERREIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta