23/01/2018

CURSO DE INGLÊS GRATUITO - SESC AVENIDA






Beneficiários do Programa Bolsa Família devem informar mudança de escola dos filhos


Manter as crianças e adolescentes na escola é um dos compromissos assumidos pelos beneficiários do Bolsa Família e pelo poder público, a fim de garantir o acesso à educação e promover a superação da pobreza. Por isso, quem recebe o Bolsa Família precisa estar atento ao início do ano letivo. Se famílias com crianças e jovens de 6 a 17 anos precisarem mudar os filhos de colégio, a alteração deve ser informada ao setor responsável pelo Cadastro Único no município.




É necessário avisar a escola, durante a matrícula, que o aluno é beneficiário do Bolsa Família, pois a instituição precisa registrar a assiduidade do aluno no Sistema Presença, do Ministério da Educação. Dessa forma, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) consegue verificar se a frequência escolar mínima está sendo cumprida. “Se tivermos essa informação com mais precisão, agilizamos o processo de acompanhamento”, reforça o diretor de Condicionalidades do Ministério do Desenvolvimento Social, Eduardo Pereira. A frequência escolar mínima exigida pelo Bolsa Família é de 85% da carga horária mensal para estudantes de 6 a 15 anos, e de 75% para estudantes entre 16 e 17 anos, beneficiários do Benefício Variável vinculado ao Adolescente (BVJ).

As famílias devem redobrar a atenção na matrícula das crianças que completaram 6 anos de idade a partir de abril de 2017 e das que ainda irão fazer 6 anos até 31 de março, pois entrarão no perfil para acompanhamento das condicionalidades de educação em 2018. Elas serão informadas, por mensagem no extrato de pagamento enviado no início do ano, sobre a necessidade de fazer a matrícula das crianças e de atualizar as informações no Cadastro Único em caso de mudança de escola.

Os beneficiários do programa também precisam manter outros itens do cadastro atualizados, como mudança de endereço, aumento ou diminuição da renda, nascimento ou morte de alguém da família, entre outros. Caso não mantenha o cadastro em dia, a família pode ter o repasse do recurso bloqueado.

Se não houver nenhuma mudança, a confirmação das informações do cadastro deve ser feita, obrigatoriamente, a cada dois anos. Caso o cadastro fique por mais de dois anos sem atualização, a família será convocada para o processo de Revisão Cadastral. “Com os dados atualizados, focalizamos ainda mais os programas sociais e garantimos que as famílias tenham mais chances de superar a pobreza”, comenta o ministro Osmar Terra.

Ascom - PMP

Escritor João Rolim lança livro no SESC Caixeiral.


O médico e escritor baiano João Rolim, radicado em Parnaíba, lançou na noite dessa segunda-feira 22 de janeiro no SESC Caixeiral o livro “Causos e Cousas, o sobejo do verso”. 


A diretoria da Academia Parnaibana de Letras e alguns membros estiveram prestigiando o evento. A apresentação da obra de João Rolim foi feita pela escritora e acadêmica Maria Dilma Ponte de Brito.


O presidente José Luiz de Carvalho disse na ocasião que a academia ao prestigiar eventos como o lançamento do livro de João Rolim está cumprindo seu papel de incentivadora da cultura e promovendo uma maior abertura.



João Rolim, médico com especialidade em cardiologia e cardiologia intervencionista, é baiano de Salvador. Foi criado em Fortaleza e região do Cariri, no Ceará. Tem o título de cidadão parnaibano. 

Fonte: APAL. Fotos: APAL. Edição: APM Notícias.

DOBRADINHA DE DANÇA (A ROSA E O EÓLICO)



Abrindo a temporada de apresentações na Casa da Cultura de Teresina, Samuel Alvís e Déborah Radassi fazem uma dobradinha de dança nos dias 25 e 26 de janeiro, à partir das 19h, com entrada 20 inteira e 10 meia. O público terá a oportunidade de assistir, dois trabalhos autorais, de artistas da dança com mais de 15 anos de experiência.
Segue abaixo os releases de cada trabalho.




RELEASE “A ROSA”
Com uma dança criada pela força de uma mulher que se movimenta artisticamente há mais de 16 anos, a bailarina e professora de dança Déborah Radassi realiza um trabalho baseado em suas experiências, referente a insistência de fazer coisas que exista limitações. O que movimenta quando se está limitado? O sentimento, o pensamento, a pulsação e a energia vão além do que o corpo mostra ser capaz. Em cena ela revive suas frustrações.

A pesquisa surgiu como intervenção urbana através de um vídeo dança em uma das pontes mais trafegadas em Teresina, capital do Piauí. A ponte Juscelino Kubitschek foi o local onde a artista escolheu para tentar equilibrar suas inquietações. Caminhando em um espaço bastante limitado, entre a passarela de pedestres e a pista de carros, ela pôde buscar a coragem que tanto lhe faltou.

A rosa sai das ruas e se instala em espaços alternativos, com limites para ela e sem limites de percepção para o espectador. Na cena ver-se o seu conflito para abrigar-se num espaço se quer, buscando superar todas as condições que os movimentos e desejos a impõem. Ela brinca com os sentimentos camuflados do espectador e presenteia as sensações insuportáveis do seu dia a dia. Vive e revive em sua eterna prisão limitando o refúgio e o corpo viciado a tudo que é inconstante.



A rosa fala sem palavras atraves de um corpo que não se rende ao medo e outras sensações. Transforma o silencio da dor em um grito altíssono.

O corpo atiça as possibilidades de criação sobre a singularidade de um segmento corporal forte e brusco. A pesquisa desse trabalho submete a interferência de fatos externos que se estabiliza no corpo e reverbera internamente.

Os sentimentos dançam dentro da gente e a outra rosa te possibilitará ver! 

Ficha Técnica:

Concepção e Perfomance: Déborah Radassi
Direção: Samuel Alvis
Produção: Déborah Radassi
Figurino: Adriano Abreu
Sonoplastia: Samuel Alvis
Iluminação: Pablo Gomes
Duração: 40 min
Classificação: 14 anos

RELEASE (EÓLICO)

Eólico surgiu como vento.

Um projeto de criação independente e de resistência, por um fazer dança em Teresina que relaciona a tentativa como sinônimo de não desistência.

“muito menos fazer, muito mais tentar” as inquietações surgem vento, do ar, da sua relação com a vida e necessidade. Fazer vento seria resistir no corpo para sobreviver e continuar. Eólico assim como vento, muda, acelera, abranda e se desdobra friccionando esse lugar de insistência e de resistência e questiona as perspectivas do que, e no que se configura a obra.

Release artisitico:
Samuel Alvís é bailarino, coreografo e profissional de educação fisica,atua no cenario artistico da dança de Teresina há quase 20 anos e começou seu estudos em dança num grupo de dança e teatro, e ja participou de outras cias. dentre elas algumas fora do Piauí, tambem ja participou de varios festivais nacionais e internacionais, sendo premiado em alguns deles, atualmente integra o Balé da cidade de Teresina, Sóhomens cia de dança , corpo docente da Escola Estadual de Dança Lenir Argento e um trabalho independente de criaçoes com o artista Ireno Gomes.

FICHA TECNICA:

CRIAÇÃO E CONCEPÇÃO: SAMUEL ALVÍS

PERFORMERS: SAMUEL ALVÍS E IRENO JUNIOR

CRIAÇÃO E DIREÇÃO ARTÍSTICA: IRENO JUNIOR

TRILHA SONORA: SAMUEL ALVÍS

LUZ: CLEVERSON RODRIGUES

Helicóptero da Rede Globo cai, deixando ao menos 2 mortos

Informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros de Pernambuco

Recife: acidente ocorreu na praia do Pina, em Boa Viagem (Ildo Frazao/Thinkstock)

São Paulo – Um helicóptero da TV Globo caiu nesta terça-feira (23) na praia do Pina, em Boa Viagem, na zona sul do Recife (PE), e matou ao menos duas pessoas.


De acordo com o Corpo de Bombeiros de Pernambuco, o acidente aconteceu por volta das 6h30 (horário local) e ainda não se sabe as causas da queda.

As três vítimas foram resgatadas do mar por civis e apenas uma, do sexo masculino, foi encaminhada com vida para o Hospital da Restauração, na região central da capital. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, ele segue em estado gravíssimo.

Neste momento, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) busca por um possível quarto tripulante.

Segundo informações da rede Globo, a aeronave era pilotada pelo comandante Daniel Galvão. Também estariam a bordo o operador de transmissão Miguel Brendo e a sargento Lia, supervisora da empresa proprietária do Globocop. De acordo com a publicação, o avião pertencia à empresa Helisae, que prestava serviços para a Globo há mais de 15 anos.

Fonte: Exame

Palestra motivacional com o professor EL SHALOM



"Em suas palestras o professor EL SHALOM, também aborda temas motivacionais. Desprendido totalmente das críticas à filosofia de que está não deve ser motivacional, o Filósofo já ministrou palestras em centros de reabilitação de usuários de entorpecentes, seminários sobre ética e cidadania e empreendedorismo, convide - o agora, e tenha momentos de crescimento e aproximação com um verdadeiro" FILO", amigo da sabedoria".

Para contratar: (86) 98124-7978/ 98893-4657/ 98110-9210

LUÍS CORREIA: homem é preso após ser filmado roubando um produto de dentro de um barco. Vídeo



No final da tarde de ontem (22/01) por volta das 18h30m, o Sr. Samuel, foi até a delegacia da CIPTUR, pedir ajuda, pois segundo ele, na madrugada do dia seguinte, aproximadamente às 04h00 haviam furtado de dentro de seu barco um galão de resina. 


A vítima, afirmava que conhecia o acusado, pois toda ação delituosa tinha sido filmada pelo sistema de vídeo monitoramento. A equipe de serviço comandada pelo Sargento Israel, composta pelo Cabo L. Sousa e Cabo João Batista, realizaram rondas, localizaram o acusado em um bar, ao ser abordado pela equipe o mesmo reagiu querendo fugir, ao ser perguntado pelo produto do furto, o acusado levou os policiais até o local em que guardou o galão de resina e afirmou que a noite sairia para vender. 



Os policiais conduziram até a central de flagrante em Parnaíba para ser realizados os procedimentos cabíveis.

Da redação do Portal PHB em Nota com informações da CIPTUR - P5

Bloco Sem Futuro promove seu segundo evento de 2018 com Dj Emerson e Aero Dança (Zumba).



Na sexta-feira dia 9 de fevereiro o Bloco Sem Futuro vai realiza a partir das 20 horas, seu segundo evento de 2018, com Dj Emerson e Aero Dança (Zumba).

O evento vai acontecer na sede do bloco que fica na Rua Prudente de Morais, número 392 no bairro São Francisco.

Divulgação

Sérgio China anota "tópicos de erros" e pede melhora individual do Parnahyba

Mesmo com os três pontos garantidos após vitória de 3 a 2 em casa contra Flamengo-PI, comandante do Azulino pontua a necessidade melhorar questões básicas para as demais partidas

Parnahyba vence Flamengo-PI no litoral na estreia do estadual

Largar na frente em um campeonato com apenas 10 rodadas na fase de classificação e com necessidade de marcar pontos é sempre bom, mas o treinador do Parnahyba, Sérgio China, mesmo depois da vitória sobre o Flamengo-PI, pelo placar de 3 a 2, no estádio Verdinho, em Paranaíba, comentou que a equipe tem muito o que melhorar. Ele acredita que com o decorrer do Piauiense os jogadores do Tubarão devem evoluir e criar ritmo de jogo ideal.


Assista aos gols no vídeo acima.
- Resultado bom, três pontos conquistados de início, mas é uma equipe que irá evoluir em todos os sentidos. Tática, técnica e fisicamente durante os próximos jogos, os atletas vão se condicionar, criar ritmo de jogo e consequentemente renderão mais. O que aconteceu no segundo tempo foi que nossa equipe criou situações de ataque, mas não soube finalizar e decidir o jogo. Você perdendo isso, cria brechas para o adversário atacar. Vamos buscar reparar – destacou Sérgio China, treinador do Parnahyba.

Parnahyba x Flamengo-PI (Foto: Didupaparazzo)

Falhas na marcação deixaram o clube com espaços em seu campo defensivo, assim criando oportunidade para que os atletas do Flamengo-PI atacassem mais o Tubarão. O Tubarão tinha uma vantagem tranquila de 2 a 0, mas permitiu o empate. O gol de Marcos Gasolina salvou.

Para corrigir isso, o treinador vai buscar treinar a equipe no campo todo, fazendo com que o time se posicione assim como fica no jogo.

- Vou começar a trabalhar em campo todo, pois o que fizemos foi treinar em campo reduzido. Vamos criar a partir de agora as situações, onde os atletas se adaptem aos lances que acontecem em jogos. Iremos treinar durante os primeiros dois dias da semana, realizando recuperação dos atletas, pensando em mais um difícil adversário no campeonato, que é a equipe do 4 de Julho – pontuou China.

Parnahyba x Flamengo-PI (Foto: Didupaparazzo)

Sérgio aprovou as mudanças feitas no time, porém enfatizou que é "preciso melhorar individualmente".

- As substituições quanto ao pensamento tático me agradaram, principalmente, na entrada do Alex no lado esquerdo, e conseguimos jogar mais. Mas precisamos melhorar individualmente. Para não esquecer, anotei tópicos das quais penso que possamos evoluir. Anoto para tentarmos corrigir durante os treinos – completou o comandante Azulino.

O próximo adversário do Tubarão é o 4 de Julho, fora de casa, no sábado, às 17h, na Arena Ytacoatiara, em Piripiri.

Fonte: Globoesporte.com, Piauí

Jovem é encontrado morto na praia da Pedra do Sal


Um jovem identificado por Jeová do Nascimento, residente no município de Ilha Grande (PI) foi encontrado morto na praia da Pedra do Sal, em Parnaíba (PI), no início da noite deste domingo, por volta das 18h30min.

O jovem sofria de convulsões e foi visto e foi visto pouco antes de ser encontrado morto, quando já apresentava crise convulsiva.

O Instituto Médico Legal (IML) fez o recolhimento do corpo por volta das 19h para realização de autópsia que seria procedida na segunda-feira (22).




Por Júnior Luz/Jornal da Ilha Grande | Edição: Jornal da Parnaíba

Jovem tem a garganta cortada e seu corpo é achado enterrado em matagal Jovem tem a garganta cortada e seu corpo é achado enterrado em matagal no PI


Por volta das 9h desta segunda-feira (22/01), um corpo foi encontrado em um matagal próximo ao bairro Bela Vista, na zona urbana do município de José de Freitas. De acordo com a polícia, o corpo seria do jovem Natanael Monteiro Alves, 21 anos de idade, residente no Bairro Matadouro.


Segundo o pai da vítima, ele foi visto pela ultima vez saindo da casa de um amigo identificado por Dieguinho, dizendo que iria pra sua casa e não mais retornou.

De acordo com a polícia, pelas características do crime, Natanael foi jogado dentro da cova rasa ainda com vida. Após a perícia recolher o corpo do buraco, foi constatado que a vítima levou uma facada na garganta.

O corpo dele foi encontrado por um irmão da vitima já em óbito e enterrado em um matagal. A perícia foi realizada no local e o caso é apurado.

Fonte: 180

Juiz manda transferir ex-policial envolvido em morte de menina para presídio

Determinação estabelece que ex-policial será conduzido para Casa de Detenção Provisória, em Altos. Ex-policial militar participou de abordagem que terminou em morte.

Decisão do juiz Antônio Nollêto foi tomada nesta segunda-feira (22) (Foto: Reprodução)

O juiz Antônio Reis de Jesus Nollêto determinou nesta segunda-feira (22) a transferência do ex-policial militar Aldo Dornel para a Casa de Detenção Provisória de Altos, Norte do Piauí. O ex-soldado Dornel participou ao lado do cabo Francisco Venício da abordagem que terminou na morte da menina Emilly Caetano da Costa, de 9 anos. A decisão baseia-se no desligamento de Aldo Dornel dos quadros da Polícia Militar do Piauí.


O soldado Aldo Dornel foi exonerado a partir de decreto assinado pelo governador Wellington Dias (PT) que excluía dos quadros da PM-PI, quatro policiais que haviam sido nomeados sob júdice. Dornel não foi aprovado no exame psicológico da PM no concurso de 2010 e conseguiu entrar na corporação por meio de uma liminar obtida na Justiça. Porém a liminar estava anulado há mais de um ano e o soldado continuava nos quadros da PM.

Estima-se que 35 policiais militares que estão atualmente na corporação graças a liminares. A Procuradoria Geral do Estado (PGE) afirmou recentemente que um grupo de trabalho foi criado para analisar processos desde 2008.

A Polícia Militar do Piauí informou que ainda não foi notificada e que vai cumprir a decisão.

Morte com dois tiros
A menina Emilly Caeteano da Costa foi atingida por dois tiros no dia 25 de Dezembro, na Zona Leste de Teresina. A criança hegou a ser socorrida e encaminhada para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), mas não resistiu e veio a óbito. A mãe de Emilly, Daiane Caetano, foi atingida com um tiro no braço. O pai de Emilly, Evandro Costa perdeu a audição e ficou com uma bala alojada.

Os policiais militares que participaram da ocorrência, soldado Aldo Barbosa Dornel e cabo Francisco Venício Alves, foram autuados pela Corregedoria da Polícia Militar, e conduzidos ao Presídio Militar. Após um impasse na invetigação, já que no dia que o crime aconteceu a Polícia Militar baixou uma portaria informando que crimes praticados por militares deveria ser investigado pela polícia judiciária militar, a Polícia Civil ficou responsável pela investigação.

Entre os possíveis crimes imputados aos policiais estão homicídio e fraude processual

Fonte: G1/PI

Cabeleireiro é executado com quatro tiros no Piauí

Ele estava em sua residência quando foi executado

A polícia ainda não sabe quem é o assassinto e nem o que teria motivado o crime.

O cabeleireiro Antônio José Dionísio, 49 anos, foi executado na manhã desta segunda-feira (22) no município de Oeiras, localizado a 291 Km de Teresina.


Antônio José estava em sua residência, onde também funciona o seu salão, deitado em uma rede quando um homem usando capacete chegou em uma moto e disparou cerca de seis tiros, sendo que quatro alvejaram a vítima no rosto, ouvido, pescoço e boca.

A perícia foi realizada e foram encontrados no corpo da vítima quarto perfurações. Mais dois projeteis foram encontrados fora do corpo da vítima e não apresentavam marcas de sangue.

Funcionários de um posto de um combustível que fica bem próximo a residência do cabeleireiro contaram a polícia que ainda chegaram a ouvir e os tiros e os gritos do cabelereiro, mas quando chegaram ao local ele já estava morto.

Fonte: Mural da Vila/ Portal MN

Maiores de 60 anos podem sacar PIS/Pasep a partir de quarta-feira (24)

Correntistas da Caixa Econômica e do Banco do Brasil receberão o crédito em conta automaticamente nesta segunda-feira (22)

Foto: Rodrigo de Oliveira/Caixa

Trabalhadores com mais de 60 anos terão acesso aos valores do PIS/Pasep nesta semana. Aqueles que possuem conta-corrente na Caixa Econômica ou no Banco do Brasil receberão os valores em conta na noite desta segunda-feira (22). Os demais poderão sacar o dinheiro a partir da quarta-feira (24).


Para saber se você tem direito ao saque do PIS, consulte o site da Caixa; o aplicativo para celular Caixa Trabalhador; os terminais de autoatendimento com o Cartão do Cidadão; o Internet Banking para correntistas; e o Serviço de Atendimento ao Cliente 0800 726 0207. Quanto aos valores do Pasep, as informações estão disponíveis no site do Banco do Brasil.

Como sacar o PIS?

Valores até R$ 1,5 mil

No autoatendimento da Caixa apenas com a senha do Cartão do Cidadão.

Valores de R$ 1,5 mil a R$ 3 mil

No autoatendimento, unidades lotéricas e Caixa Aqui, com Cartão do Cidadão, Senha Cidadão e documento de identificação oficial com foto.

Valores acima de R$ 3 mil

Nas agências da Caixa com apresentação de documento oficial de identificação com foto.

Saiba mais:




Fonte: Governo do Brasil, com informações da Caixa

Cenipa: mau tempo e desorientação espacial provocaram acidente que matou Teori

Brasília - O coronel aviador Marcelo Moreno, do Cenipa, apresenta o relatório do acidente com a aeronave que 
matou o então miinistro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki(Valter Campanato/Agência Brasil)

Mau tempo, pressão para operar em condições adversas, baixa visibilidade e desorientação espacial do piloto foram os fatores determinantes do acidente que causou a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, em 19 de janeiro do ano passado. As informações constam do resultado das investigações divulgadas ontem (22) pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).


De acordo com as investigações, não foi registrado nenhum tipo de pane ou mau funcionamento do avião. O Cenipa apontou que no momento do acidente, as condições para operações de pouso e decolagem no aeroporto de Paraty estavam abaixo dos mínimos meteorológicos estabelecidos.

Segundo o responsável pela investigação, coronel Marcelo Moreno, apesar de experiente, o piloto do avião, Osmar Rodrigues, "muito provavelmente teve uma desorientação espacial que acarretou a perda de controle da aeronave".

Marcelo Moreno citou o processo decisório do piloto como contribuinte para os eventos que culminaram no acidente. O aeroporto de Paraty não opera por instrumentos. Para as operações de pouso e decolagem é preciso haver visibilidade horizontal de 5 mil metros e de teto de voo de 450 metros.

“Entre as decisões tomadas e que não estão em conformidade com o que determina as regras, estavam a tentativa de pousar. O adequado seria o piloto, ao tomar conhecimento de que os mínimos meteorológicos estarem abaixo dos estabelecidos, ter arremetido e pousado em outro aeroporto em segurança”, disse Moreno.

Rodrigues, que pilotava o avião, era um piloto considerado experiente e respeitado por outros pilotos que operavam no aeroporto de Paraty. Ele era piloto há 30 anos, tinha quase 7,5 mil horas de voo, das quais quase 3 mil no modelo que caiu na Baía de Paraty.

Nos 12 meses anteriores ao acidente, Rodrigues realizou 33 voos para Paraty. De acordo com o Cenipa, todas as habilitações estavam válidas e não se evidenciaram informações do ponto de vista médico que pudessem indicar comprometimento do desempenho do piloto.

No dia do acidente, Rodrigues decolou do Campo de Marte, em São Paulo, as 13h01. “Às 13h36 a aeronave encontrava-se em descida e realizava trajetória condizente com desvios de uma área de chuva localizada na Baía de Paraty”, disse Marcelo Moreno.

No momento do acidente a visibilidade horizontal estava em 1,5 mil metros, bem abaixo do mínimo exigido. “As condições meteorológicas tornavam impraticável o pouso e decolagem no aeroporto de Paraty naquele momento”, disse.

Segundo o Cenipa, "a desorientação é definida como ocorrência em que o piloto entra em processo de confusão na interpretação dos parâmetros de voo, entrando ou não em atitude anormal. A desorientação pode ser causada por fatores como terreno homogêneo, com carência de referências visuais, e excesso de atuação da força gravitacional (força G) sobre o piloto."

“Estas ilusões desorientaram o piloto fazendo com que ele pensasse que estava mais alto do que na verdade estava. Com isso, ao tentar arremeter, houve perda de controle e a aeronave impactou contra a água, com grande ângulo de inclinação das asas”, acrescentou o coronel Marcelo Moreno.

A investigação mostrou que, durante a segunda tentativa de arremetida, o piloto efetuou uma curva para a direita e recolheu o trem de pouso. Pelo procedimento, o piloto deveria se afastar do aeroporto e buscar maior visibilidade da região a fim de evitar colisão com obstáculos como montanhas ou mesmo outras aeronaves. "Uma aproximação padrão em termos aeronáuticos dura cerca de 4 minutos e os dados mostram que a segunda aproximação durou pouco mais de 2 minutos", relatou o coronel.

Nesse momento, a aeronave, um KingAir C90, se encontrava a pouco mais de 90 metros acima do nível do mar e viajava a cerca de 120 nós. Cerca de 15 segundo depois a aeronave se chocou com a água. A investigação mostrou que os cinco tripulantes que estavam a bordo do avião morreram em consequência de politraumatismo, causados pelo impacto da queda da aeronave. "Ainda que tenha sido divulgado que um dos tripulantes foi encontrado com vida 40 minutos após o acidente, o afogamento foi causa acessória do acidente. A causa mortis foi politraumatismo", disse Marcelo Moreno.

O relatório descartou ainda a possibilidade de ter havido algum tipo de sabotagem na aeronave. "O Código Brasileiro de Aeronáutica prevê que em casos de crime o Cenipa tem que interromper a investigação e comunicar o órgão competente, que no caso é a Polícia Federal. Contudo, os elementos colhidos não sustentaram nenhum indício que levasse à conclusão de que houve essa influencia ilícita [sabotagem] no acidente", explicou o coronel.

O Cenipa recomendou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) ações envolvendo proprietários de aeronaves e pilotos executivos para a observância dos requisitos mínimos de operação nos voos. Também recomendou a revisão dos requisitos existentes a fim de enfatizar, durante a formação do piloto civil, as características e os riscos decorrentes das ilusões e da desorientação espacial para a atividade aérea.

 Fonte: Agência Brasil 
 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google