28/09/2018

Homem é preso por furtar celular de repórter dentro de delegacia no Piauí

Suspeito foi encaminhado para a Central de Flagrantes e celular recuperado.

Suspeito contou que levou celular porque achou que não funcionava. — Foto: Reprodução

Um homem identificado apenas como Leonardo surpreendeu a polícia pela ousadia: ele foi preso em flagrante por furtar o celular de um repórter dentro da delegacia do 22º Distrito Policial, localizado no bairro Santa Maria da Codipi, Zona Norte de Teresina. O caso aconteceu nessa quinta-feira (27).

O suspeito estava na delegacia após se recusar a oferecer seus dados em uma abordagem policial realizada no bairro e a vítima fazia uma reportagem sobre um tiroteio que ocorrido na região.

Após o sumiço do celular, o homem ficou do lado de fora da delegacia conversando com alguns populares, quando foi revistado e encontrado com o celular.

Depois do acontecimento, a vítima que teve o celular furtado gravou um vídeo entrevistando o suspeito, que afirmou ter colocado o aparelho no bolso porque achou que não funcionava. “Se eu soubesse que o celular 'prestava', eu não tinha pego não, eu teria ido embora”, afirmou.

Titular do 22º DP de Teresina diz que não houve confirmação — Foto: Lorena Linhares/G1

A vítima é o repórter comunitário Lucas Rangel, conhecido como Ligeirinho da Notícia, que faz matérias sobre a região da Santa Maria da Codipi, localizada na periferia Norte de Teresina.

Lucas contou no vídeo que deixou o celular em cima da bancada do distrito policial enquanto fazia uma reportagem sobre o tiroteio na região e quando voltou, o aparelho havia sumido. O suspeito estava do lado de fora da delegacia comendo e conversando com algumas pessoas quando foi revistado e encontrado com o smartphone.

Delegado Tales Gomes, titular do 22º Distrito Policial. — Foto: Lucas Marreiros/G1 PI

O delegado Tales Gomes, do 22º Distrito Policial, contou ao G1 o suspeito foi abordado pela polícia em uma batida na região e levado para a delegacia para checagem de antecedentes. Também foi descoberto que o homem responde a dois processos em fase de recurso. Após a averiguação, o homem foi liberado.

O suspeito foi encaminhado pela Central de Flagrantes e pediu perdão à vítima. “Pelo amor de Deus, eu peço bem aqui perdão. Me dá uma oportunidade aí”. Segundo o delegado Tales, essa é a primeira vez que ocorre uma ocorrência dessa natureza dentro do distrito.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google