07/08/2018

ARTIGO: Agosto é mês pra achar graça


Foto: Alan Santos/PR

Já foi o tempo em que se costumava dizer que agosto era mês quando tudo de ruim, tragédia, calamidade, crimes, acidentes, coisas ruins faziam e aconteciam sem escolher cara e condição de quem havera de ter dinheiro no banco. Lembro que quando criança as pessoas se benziam e até passavam o mês inteiro escutando rádio e procurando saber os acontecidos. 


Mas nos últimos anos as coisas e os governos ficaram tão medíocres, mas tão medíocres e ruins, as coisas ruins ganharam a rotina, a violência, roubo de celular, corrupção, surra em mulher, viadagem, dança da novinha, silicone na bunda, relação sexual, troca de sexo, casamento de pessoas do mesmo sexo, tudo em quanto não presta foi pra dentro da casa da gente e saindo pela televisão que coisa ruim ninguém nem mais se espanta. 

Essa semana passada aqui na Parnaíba se deu um dos maiores momentos desta nova fase da história moderna, o chamado Agosto Vermelho. Vermelho porque a gente fica com a cara vermelha de tanto achar graça de tanta coisa que acontece, que se for colocar na caderneta uma em cima da outra há de perder a conta. Mas tudo está documentado e visto pela nossa imprensa. 

Temer saiu de Brasília e veio de cretado até o aeroporto lá no Catanduvas só dizer que estava deixando pro Mão Santa uns trocados, coisa de uns míseros 54 milhões de reais pros seculares Tabuleiros Litorâneos. Voltou no mesmo rastro e dizendo que Mão Santa não se avexe e não se acanhe quando precisar de alguma coisa. Tem carta branca e nem precisa enfrentar fila na porta do Planalto, sem necessidade de senha. Prometeu como se fosse ficar mais uns dez anos no poder. 

Voltou no mesmo rastro. Agora aqui eu fico imaginando que talvez tudo isso não seja mais uma enganação. Temer está em final de mandato e de carreira. Corre agora e dentro de mais alguns meses o risco de ser processado e até preso, dependendo da visão da justiça. Não tem mais lá muito poder e muito menos condições de andar dando dinheiro a quem quer que seja. Até porque não se tem esse dinheiro todo. 


Geraldo Alencar Filho, "Geraldinho" (PSB), presidente da Câmara Municipal de Parnaíba)

A outra da semana vem da Câmara Municipal como protagonista. Geraldo Alencar Filho, o vereador de sete mandatos e, portanto vinte e oito anos de casa, com grandes projetos e serviços prestados à cidade na vereança, encasquetou com um artigo do Bernardo Silva. Disse que vai processar e pedir reparos por danos morais ao superintendente de comunicação da prefeitura. Fez os seus colegas votarem uma moção de repúdio e tudo o mais. Calculem só vossas excelências. 


Os vereadores  Reinaldo Santos e Bernardo Lima, junto com eles o repórter Hudson Veras, saindo do elevador com defeito

Se a gente acreditasse em feitiço haverá de dizer que foi coisa feita do Codó pra uma banda, do Maranhão pra dentro. Mal Geraldinho fechou a boca dizendo que vai processar o Bernardo Silva e já na segunda-feira dois vereadores, Reinaldinho Santos e Bernardo Lima estavam usando um elevador, que nem ainda foi inaugurado, e pelo que se sabe custou um caminhão de dinheiro, o bicho deu enguiço. Estava junto o repórter Hudson Veras, da TV Delta. Depois de muita reza e muito medo todos saíram rezando o Pai Nosso e o Creio em Deus Padre. E olhe que ainda estamos no início do mês! Pelo visto ainda vai acontecer muita coisa pra gente achar graça. Ainda bem que Mão Santa não chamou o Temer pra visitar a Câmara Municipal e andar de elevador. Deus sabe o que faz! Tanto sabe o que faz que enviou o Emanuel na hora do desespero. Emanuel vai ser condecorado com a Ordem Nacional do Mérito da Chave de Fenda.

Por Pádua Marques (Padinha)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google