22/01/2018

PIAUÍ: Supostos policiais invadem casa e matam homem com 16 tiros


O ex-presidiário Ednaldo Alves da Silva Filho, conhecido como Neném, foi morto a tiros no Parque Brasil, zona Norte de Teresina. A Delegacia de Homicídios apurou que suspeitos encapuzados invadiram a residência da vítima informando que eram policiais. Neném foi atingido com 16 disparos de arma de fogo. 


Dois suspeitos participaram da execução. O delegado acrescenta que uma das linhas de investigação aponta que a vítima pode ter sido morta por engano.

"O irmão dele, conhecido como Piaba, é uma pessoa perigosa na região. Estamos verificando se os executores podem ter confundido o Neném com esse irmão. Mas há de se considerar que a vítima foi arrastada do quarto para a sala e nisto daria tempo dos suspeitos identificá-lo", explica Baretta.

Testemunhas informaram que os atiradores fugiram em um veículo de cor prata.

Neném também era considerado de alta periculosidade, de acordo com a Polícia Civil. No ano passado, ele foi preso suspeito de participação em um homicídio. 

Diante da quantidade de crimes violentos na região [cinco em menos de duas semanas], o delegado vai solcicitar reforço da PM na área.

Início de semana violento
Já no Parque Vitória, zona Sul de Teresina, um homem identificado como Fernando Rocha Nascimento, conhecido como Valentão, foi morto a pauladas. Baretta disse que a vítima era usuário de drogas. 

"Ele tinha conflitos com outros usuários na região. Foi morto a pauladas e também usaram pedaços de telha. A cabeça e pescoço da vítima ficaram bastante lesionados. O material usado no crime foi apreendido", destaca o coordenador da Homicídios.

Flash Yala Sena
Redação Graciane Sousa
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google