26/08/2022

PARNAÍBA: homem é condenado a 33 anos de prisão após encomendar assassinato de amigo

Comerciante José Alves de Sousa foi morto em março de 2020. Sentença foi determinada nessa quinta-feira (25).

Fórum da Comarca de Parnaíba — Foto: Kairo Amaral/TV Clube

Wellison Torcato Lopes, acusado de encomendar o assassinato do comerciante José Alves de Sousa, foi condenado a 33 anos e 10 meses de prisão, em regime fechado, por homicídio qualificado. A sentença foi determinada durante julgamento nessa quinta-feira (25), na Comarca de Parnaíba, no litoral do Piauí. O crime aconteceu em março de 2020.

Conforme o Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI), Wellison Torcato Lopes planejou o assassinato e contratou um “traficante de drogas local" para executar o crime. O contratado, em seguida, subcontratou dois adolescentes, que forjaram um assalto e mataram a vítima a tiros.

O promotor de Justiça João Malato Neto informou ao g1 que José Alves de Sousa, conhecido como Caxingó, e o acusado eram amigos. Antes do assassinato, o comerciante chegou a passar a gestão das próprias finanças para Wellison. O crime teria acontecido após a vítima descobrir que estava sendo roubada.

"Wellison arquitetou um plano ardiloso. Aproveitando-se da amizade que mantinha com a vítima, conseguiu subtrair da conta bancária o montante de R$ 138 mil e, após ser descoberto, ficou encolerizado e passou a tramar a morte", contou.

"Contratou um conhecido traficante de drogas, mediante o pagamento de R$ 6.500. Este subcontratou dois menores viciados em drogas para executar a vítima, mediante a promessa de pagamento de R$2.500", revelou o promotor.

Julgamento aconteceu na Comarca de Parnaíba, no litoral do Piauí — Foto: Divulgação/MPPI

No dia do crime, os dois adolescentes foram apreendidos acusados de participar do assalto e de receberem dinheiro para executar o comerciante.

"Os dois menores deslocaram-se em uma motocicleta até a esquina do comércio. Um desceu e efetuou dois disparos de revólver calibre “32” à curta distância, surpreendendo a vítima que encontrava-se sentada em uma cadeira, desarmada e desatenta", completou o promotor João Malato Neto.

Wellison Torcato Lopes também irá responder pelos crimes de furto qualificado e corrupção de menores.

Relembre o crime
Empresário é morto depois de reagir a assalto em Parnaíba — Foto: Reprodução/WthasApp

O comerciante José Alves de Sousa, de 53 anos, foi assassinado a tiros no dia 12 de março de 2020. A suspeita inicial era de que a vítima teria reagido a uma tentativa de assalto. Após investigações da Polícia Civil, foi constatado que o crime foi planejado.

Fonte: Portal G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing