30/04/2022

Dono de autopeças é preso em operação das polícias do Piauí e Maranhão

Fotos: Divulgação/PC-PI

O empresário Adolfo Pablo Menescal Mourão, dono de duas lojas de autopeças em Teresina, foi preso na quinta-feira (28), em uma operação conjunta realizada entre a Polinter, do Piauí, e o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), do Maranhão. As duas lojas do empresário, localizadas na zona Sul de Teresina, foram interditadas.

De acordo com o delegado Marcelo Dias, da Polinter, o empresário foi preso na cidade de Teresina, após investigação iniciada pelo Gaeco do Maranhão que apura crimes de lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa, enquanto a Polinter investiga o empresário por roubo, furto e recepção de veículos.

“Ele estava sendo investigado pelo Gaeco de Timon por lavagem e dinheiro e organização criminosa. Foi lá em São Luís que o juiz emitiu o mandado de prisão preventiva. Nós da Polinter já estávamos investigando ele também, por roubo, furto e receptação de veículos. No ano passado fizemos uma operação, onde apreendemos um vaso conteúdo, de motores de picapes roubados, muita coisa mesmo. Passamos toda a documentação para o Gaeco de Timon materializar, pois eles já estavam investigando, e assim, juntando essas investigações, foi feito o pedido de prisão dele”, explicou o delegado.


O delegado informou que existe uma investigação ampla contra o suspeito, por isso as duas lojas dele foram interditadas nesta sexta-feira, já que fazem parte do processo.

“Ele já responde na Justiça por tráfico de drogas, e transformava a loja dele de auto peças, para receber produtos de receptação, mas também havia a lavagem de dinheiro, onde ele mexia com produtos ilícitos, usava para compra de imóveis, e isso foi detectado na investigação realizada pelo Gaeco”, explicou.

Na decisão, de 28 de abril, o juiz Francisco Ferreira de Lima, da Vara Especial Colegiada dos Crimes Organizados, também determinou o bloqueio do ativos nas contas-correntes, poupanças e eventuais aplicações e de afastamento do sigilo bancário e fiscal da Adolfo Autopeças e da Adolfo Autopeças 4X4, localizadas no bairro Vermelha e Santa Luzia em Teresina. Também foi determinado o sequestro e indisponibilidade da Adolfo Autopeças 4X4.

A defesa do suspeito não foi localizada. O espaço segue aberto para eventuais esclarecimentos.


Bárbara Rodrigues
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing