20/04/2022

Adolescente que morreu por dengue hemorrágica no Piauí buscou hospital 10 dias após sintomas; médico orienta procura imediata

A jovem faleceu no último domingo (17), mesmo dia em que deu entrada no hospital com todos os sintomas clássicos de dengue.


A adolescente que morreu vítima de dengue hemorrágica procurou um atendimento aproximadamente dez dias após sentir os primeiros sintomas da doença, de acordo com a equipe médica do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, em Parnaíba. A orientação é que a procura seja imediata após o surgimento dos primeiros sintomas.

A jovem faleceu no último domingo (17), no mesmo dia em que deu entrada no hospital. Ela tinha 17 anos e morava na cidade de Cocal, a 90 km de Parnaíba. Segundo o médico Carlos Teixeira, diretor do HEDA, ela sentiu os sintomas clássicos da dengue, mas procurou uma unidade de saúde na cidade somente quando já apresentava sangramentos.


“Ela chegou num quadro já de choque. Tinha sintomatologia completa de dengue clássica: dores articulares e de cabeça intensa, sangramento gengival, oral e as manchas características da dengue pelo corpo”, disse o médico.

A jovem foi transferida imediatamente para o HEDA, único local que atende casos graves de dengue na região. Ainda no domingo ela sofreu uma parada cardiorrespiratória e faleceu.

O diretor do HEDA orientou que as pessoas procurem uma unidade de saúde logo que surgirem os primeiros sintomas de dengue (veja a lista abaixo):

“Muitas vezes o paciente não vê a gravidade do caso, e evolui para uma hemorragia interna, ou outros tipos de complicações. Infelizmente, já chega ao hospital num estado praticamente irreversível”, explicou.

Mosquito Aedes aegypti é responsável por transmitir a dengue. — Foto: Reprdoução/EPTV

O diagnóstico de dengue é feito através de um exame laboratorial, que é coletado no hospital e enviado para o Laboratório Central do Piauí (Lacen). Enquanto o exame é analisado, o paciente recebe o atendimento para os sintomas da doença.

“Se apresentar os sintomas, procure imediatamente o hospital. O envio do exame pode dificultar a confirmação do diagnóstico no início, mas fazemos todo o tratamento desses pacientes e encaminhamos exames a cada dois dias, para confirmar”, explicou o médico.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing