16/03/2022

Mulher que matou companheiro no Piauí a golpe de faca no peito alega legítima defesa

Mulher é suspeita de matar companheiro em Piracuruca Reprodução

A suspeita de matar a golpes de faca o companheiro Wandson da Silveira Fontenele, de 28 anos, alegou que agiu por legítima defesa. O crime aconteceu após briga entre casal na noite do último domingo (13/03), no bairro Esplanada, em Piracuruca, no Norte do Piauí. As informações são do Blog do Coveiro.

O desentendimento do casal aconteceu ainda durante a tarde, motivado por ciúmes, enquanto ingeriam bebida alcoólica com amigos na barragem/sangrador da cidade. A discussão prosseguiu e se acalorou ao chegar na casa em que eles residiam, onde a mulher acabou lesionando o marido com uma faca de mesa, atingindo-lhe com uma perfuração no tórax, na altura do peito esquerdo e outra no antebraço direito (sinal de defesa).

A própria suspeita e amigos prestaram os primeiros socorros a vítima a encaminhado para o hospital da cidade. Enquanto o homem recebia atendimento médico, uma equipe da Polícia Militar tomou conhecido dos fatos e se dirigiu a unidade de saúde, onde efetuou a prisão em flagrante delito da mulher, que apresentava bastante nervosismo e sinais de embriaguez. Momentos depois a polícia foi informada que o homem faleceu durante a transferência para o do Hospital Regional Chagas Rodrigues em Piripiri.

Em depoimento na Polícia Civil, a mulher alegou que agiu em legitima defesa e que não queria causar a morte do próprio companheiro, no entanto, duas testemunhas próximas ao casal revelaram que a investigada já possuía histórico de violência contra o falecido, o qual não reagia as investidas da agressora, inclusive, citaram um episódio em que a suspeita ameaçou o marido colocando uma faca em seu pescoço.

O Delegado Abimael Silva, que preside o inquérito policial, solicitou a prisão preventiva da acusada, que está recolhida à disposição da justiça na delegacia de Piracuruca aguardando foi submetida à audiência de custódia.

A autoridade policial, em seu parecer frisou que é importante destacar que o médico legista consignou no laudo a existência de lesões de defesa na vítima (braço direito), o que afasta a alegação de que a investigada agiu em legítima defesa.

Viatura que transportava corpo se evolve em acidente

A viatura do Instituto Médico Legal (IML) que realizava o translado do corpo em direção a base do posto avançado da instituição em Parnaíba, acabou se envolvendo em um acidente com duas vacas nos primeiros minutos da madrugada dessa segunda-feira (14/03), naBR-343, em Buriti dos Lopes.

Reprodução

Fonte: Portal 180

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing