11/03/2021

Manifestação de motoristas acaba com intervenção da PM e dois feridos

Fotos: Enviadas via Whatsapp

A manifestação dos motoristas de aplicativo em frente ao terminal de petróleo foi encerrada ainda na noite desta quarta-feira(10), após ação da Polícia Militar, que cumpriu uma ordem judicial. Com a resistência dos manifestantes, a PM utilizou bombas de gás lacrimogênio e balas de borracha para tentar dispersá-los.

A tropa de choque do Bope e militares da Força Tática tentaram negociar uma saída pacífica dos manifestantes não aceitavam. Mesmo com a decisão judicial, os manifestantes resistiram e chegaram a sentar no meio da BR-343, e entoavam frases de efeito: "abaixo a repressão, polícia é para ladrão".

Neste momento, a polícia teria utilizado bombas de efeito e tiros de borracha. “Foram utilizados os meios necessários obedecendo os procedimentos operacionais padrão”, resumiu a assessora de comunicação da PM, coronel Elza Rodrigues.

Pelo menos duas pessoas ficaram feridas, mas segundo a Polícia Militar, ninguém foi detido e a manifestação encerrada por volta das 21 horas.


A manifestação havia iniciado por volta das 10h e os motoristas reclamavam dos aumentos constantes dos combustíveis.

A liminar foi concedida pelo juiz Edson Alves da 10ª Vara Cível de Teresina, em favor da Petrobras Distribuidora, e determinou que o Sindicato dos Motoristas por Aplicativo do Piauí (Sidmapi) e demais participantes liberassem a entrada do terminal de petróleo e deixassem de impedir a passagem dos caminhões, sob pena de multa diária de R$ 1000.

Em entrevista à TV Cidade Verde, momentos antes da intervenção mais dura da polícia, os manifestantes alegavam que ficaram por três dias se fosse preciso. E reclamavam do aumento do preço também do preço do etanol.

Nota à imprensa
A Polícia Militar do Estado do Piauí informa que a Coordenadoria Geral de Gerenciamento de Crises acompanhou durante todo o dia de ontem (10) o protesto dos motoristas de aplicativos em frente ao terminal de petróleo de Teresina, ato que foi encerrado por força do cumprimento de uma ordem judicial.

Comunica também que não houve nenhuma pessoa detida e que todos os recursos destinados a uma crise deste tipo foram utilizados, bem como as etapas de uso diferenciado da força foram exauridas, e ainda que até o final da ocorrência nenhuma pessoa procurou as equipes policiais para informar que estava lesionada ou que teria sido ferida. A PMPI foi a última a se retirar do local e como resultado obteve a retomada a normalidade do abastecimento de combustíveis da cidade e de todo o Estado do Piauí.

Teresina, 11 de março de 2021.


Caroline Oliveira
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing