10/02/2021

PI: Mãe e Filha são resgatadas pela PRF vítimas de Sequestro, Cárcere Privado e Redução a condição análoga à de escravo às margens da BR 343


Os policiais estavam realizando fiscalização de rotina na BR 343, quando receberam uma denúncia que duas mulheres haviam sido expulsas do local onde trabalhavam e moravam. As duas mulheres, que estavam trabalhando em um sítio há seis anos sem ter os seus direitos trabalhistas garantidos, contaram aos policiais que foram expulsas pelo proprietário do sítio após serem chamadas de "preguiçosas. Os policiais encaminharam as duas mulheres ao Ministério Publico da cidade de Floriano/PI para que fossem tomadas as devidas providências legais.

Policiais Rodoviários Federais realizaram, na manhã de ontem(09), o resgate de mãe e filha vítimas de Sequestro, Cárcere Privado e Redução a condição análoga à de escravo. A ação aconteceu na BR 343 na zona rural do município de Floriano/PI.

Os policiais estavam realizando fiscalização de rotina quando foram acionados por uma mulher sobre o possível crime e que duas mulheres estavam precisando de ajuda. Os policiais verificaram através da declaração das vítimas, duas mulheres de 44 e 21 anos, que há seis anos trabalhavam em um sítio nas proximidades a convite do proprietário, tendo sido prometido o pagamento de um salário mínimo e de uma cesta básica a título de retribuição pelos serviços domésticos. As mulheres informaram que nunca receberam tais quantias e que eram proibidas de saírem de deixar o local. Além de realizara todo o trabalho doméstico e limpeza do sítio, constantemente era informadas que o banho era exclusividade dos seus patrões, além de constantemente sofrer constrangimentos.

As mulheres informaram que ao solicitar o auxílio emergencial, tiveram seus documentos recolhidos pelo proprietário do sítio e somente foram devolvidos após finalizar o período de recebimento do recurso. Com medo de represálias do seu patrão elas pediram auxilio a uma amiga devido não possuir meios para suprir suas necessidades básicas.

Diante dessa situação, os policiais encaminharam a mãe e a filha ao Ministério Público Estadual para que fossem tomadas as devidas providências legais para o caso. Todas as informações referente ao proprietário do sítio também foram encaminhadas para o MPE para que fossem feitas as devidas apurações.

PRF - PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing