04/09/2020

PF investiga grupo suspeito de cultivar e fornecer droga para presídio no Litoral do PI

Cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Parnaíba e Ilha Grande, no Piauí, e Araioses, no Maranhão. Segundo a investigação, houve cultivo ilícito de maconha na região.

Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão no Piauí e Maranhão — Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal deflagrou, nesta sexta-feira (4), a Operação Manzuá II, que investiga um grupo suspeito de cultivar maconha no Litoral do Piauí e fornecer a droga para presídios. Cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos nos municípios de Parnaíba, Ilha Grande, no Piauí, e Araioses, no Maranhão.

De acordo com a PF, o grupo atua na região Norte do estado, inclusive fornecendo drogas em presídios. A polícia informou ainda que foi identificada a participação de agentes públicos lotados em órgãos estratégicos da segurança.

"Foram apreendidas armas de fogo, valores em dinheiro com características de serem decorrentes do tráfico de drogas e uma pessoa foi presa em flagrante por porte de arma de fogo sem registro", informou o delegado Carlos Alberto Ferreira, chefe da Delegacia da PF em Parnaíba.

Polícia Federal cumpre mandados no Piauí e Maranhão durante operação contra tráfico de drogas — Foto: Divulgação/PF

Segundo a PF, esses agentes teriam acesso a informações privilegiadas a respeito de investigações policiais e dificultavam a apuração e possível punição dos membros da quadrilha.

Os investigados serão indiciados pelos crimes de associação para o tráfico, associação criminosa, tráfico de drogas, divulgação de dados sigilosos e outros crimes que forem identificados no decorrer do cumprimento das buscas.

Plantação de maconha
Em outubro de 2019, a Polícia Federal deflagrou a operação Manzuá, para combater o tráfico de drogas no Litoral do Piauí. Isso ocorreu dois anos depois da polícia ter encontrado seis mil pés de maconha escondidos em uma região de difícil acesso em Parnaíba.

Na ocasião, a polícia voltou ao local e encontrou novamente outra plantação de maconha. O delegado Carlos Alberto informou ao G1 que há um histórico de plantio cannabis na região do Delta do Rio Parnaíba.

“Desde 2017, o grupo continua sendo investigado pela polícia, mas para tentar despistar a investigação, o bando realiza pequenos cultivos da maconha e encontramos mais um”, destacou o delegado na época.

Os policiais apreenderam drogas, dinheiro e dados relacionados à prática. A operação foi denominada de Manzuá em alusão a uma armadilha para captura de peixes.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing