01/04/2020

Dono da Delta morto por coronavírus teria implorado por cloroquina

Empresário Oderman era o dono da Delta e morreu vítima do coronavírus

O empresário Oderman Bittencourt, dono da Leites Delta, uma das maiores empresas laticínios do estado, teria implorado para fazer o uso de cloroquina, momentos antes de morrer vítima de coronavírus. É o que conta em um suposto áudio atribuído a ele, que se espalhou via redes sociais

No áudio, a voz aparece com dificuldade para respirar e praticamente implorando para utilizar o medicamento cloroquina. Demonstra uma certa revolta porque precisaria esperar até que o exame confirmasse “positivo” para coronavirus para que começasse a usar a medicação, conforme orienta o protocolo do Ministério da Saúde.

Uma fonte do OitoMeia e pessoas bem próximas a Oderman garantem que a voz é mesmo dele e que foi um familiar bem próximo quem teria espalhado o áudio. A reportagem entrou em contato com a SESAPI (Secretaria Estadual de Saúde), que inicialmente informou que seria fake, mas depois confirmou que a voz pode mesmo ser do empresário. Ele teria enviado a alguém antes de ser intubado.

Uma nota deve ser enviada pela SESAPI ainda nesta terça-feira (31/03) sobre o assunto. O suposto áudio atribuído ao empresário se espalhou por alguns grupos de Whatsapp. A reportagem do OitoMeia tentou contato com familiares, com assessoria e com pessoas que trabalham na empresa Leites Delta, em Parnaíba (cidade onde morava Oderman), mas ninguém quis se pronunciar até o fechamento da matéria. (Paula Sampaio)

SECRETARIA NEGA QUE EMPRESÁRIO TENHA PEDIDO REMÉDIO

A Secretaria Estadual da Saúde informou que não procede a informação de que o diretor da Delta Laticínios tenha morrido implorando pelo medicamento Cloroquina. Segundo a SESAPI, o empresário estava internado em UTI e não recebia visitas por conta da gravidade do caso.

Fonte: Portal OitoMeia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing