11/01/2020

Secretaria Municipal de Saúde esclarece sobre falta da vacina pentavalente nos postos de saúde



A Secretária Municipal de Saúde, Rejane Moreira, esclareceu o motivo da falta de doses da vacina pentavalente nos postos de saúde do município de Parnaíba. Segundo a Secretária a situação está sendo solucionada junto ao Governo Federal, que é o responsável pelo envio das doses aos Estados e Municípios.

A vacina pentavalente é uma composição combinada que previne cinco doenças: tétano, hepatite B, coqueluche, difteria e meningite (causada pela Haemophilus influenza tipo B). É oferecida no primeiro ano de vida do bebê e tem o intuito de reduzir o número de injeções a serem aplicadas, envolvendo diversas imunizações em uma só aplicação.



“No ano passado para cá nós temos sofrido diminuição na entrega dessas vacinas e, estamos tentando de alguma forma, fazer um pequeno estoque para atender as necessidades das crianças sobre as vacinas que estão faltando. Nós recebemos uma nota do Ministério da Saúde, em relação à pentavalente, recomendando que usássemos a vacina DTP junto coma vacina contra hepatite em substituição provisória à pentavalente enquanto o Ministério se adequasse em consequência de vários lotes da vacinas não estarem em conformidade para ser entregue às unidade de saúde”. Afirmou Rejane Moreira

O caminho da vacina até a população parte do Ministério da Saúde, que encaminha as doses às Secretarias Estaduais em todo o Brasil e, posteriormente essas secretarias estaduais às enviam aos municípios.

A Secretária reforça ainda que o município recebeu a pouco tempo da Secretaria Estadual de Saúde, 40 doses da vacina antirrábica que estava em falta. Além dessa a Secretaria Municipal de Saúde enfrenta dificuldades no recebimento de vacinas contra a poliomielite, meningocócica e a pentavalente que protege contra o tétano, difteria, coqueluche, hepatite B e meningite do tipo B.



Segundo o gerente de imunização Charles, a vacina DTP + hepatite B representa apenas uma mudança técnica, a criança que antes tomava 3 vacinas injetáveis passará a tomar 4, porém devido a situação com a vacina pentavalente é uma ação necessária para proteger a população contra um surto que está acontecendo no país de coqueluche.

“É importante que a população saiba que esse é um desabastecimento que está acontecendo nacionalmente (vacina pentavalente), não é só em Parnaíba. Nacionalmente o Ministério da Saúde está tendo dificuldades em produzir, importar e distribuir as vacinas de rotina e isso tem ocasionado uma falta de vacina nos municípios”. Afirmou Charles de Lima, Gerente de Imunização do município de Parnaíba

A recomendação da Secretaria Municipal de Saúde, é que, apesar do desabastecimento temporário de algumas vacinas, a população não deixe de procurar os postos de saúde para atualizar ou iniciar o calendário de vacina dos seus filhos.

A previsão é que a partir da próxima segunda-feira (13) haja um reabastecimento das vacinas de rotina nos postos de saúde do município de Parnaíba.

Supcom - PMP/Por: Bruno Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing