07/01/2020

HEDA se posiciona em Nota sobre o óbito do universitário

Giovane Alves da Silva

Segundo a diretoria do hospital a sorologia deu negativo para Dengue Hemorrágica no caso de paciente Giovane Alves da Silva que veio a óbito com suspeita com suspeita inicial de dengue hemorrágica.

NOTA DO HEDA NA ÍNTEGRA

A direção do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), informa que o paciente de iniciais G. A. S, de 31 anos, deu entrada na madrugada desta segunda-feira (06) no Hospital, em Parnaíba, e veio a óbito durante a manhã deste mesmo dia, com sintomas iniciais de dengue hemorrágica.

A direção do Heda esclarece que os resultados dos exames, feitos durante a internação e liberados agora no início da noite, deram negativos para a patologia.

Com isso, o atestado de óbito liberado para a família providenciar o sepultamento, está sendo retificado pela equipe médica. A causa da morte do paciente continua sendo investigada.

Entenda o caso:
Um aluno do curso de Direito da Uninassau de Parnaíba identificado por Giovane Alves da Silva, faleceu no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde com suspeita inicial de Dengue Hemorrágica. "Ele tinha diagnóstico prévio de dengue e apresentou hemorragia oral importante e hematoma por todo corpo. Estamos confirmando com exames. Mas foi uma hemorragia a esclarecer." Disse um profissional da área de saúde que pediu reserva de seu nome. 

A secretária de saúde do município de Parnaíba Rejane Moreira já tomou conhecimento e solicitou ao LACEN-PI Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí, prioridade para o diagnóstico do caso. 

Ao final do dia o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA) descartou a possibilidade de Dengue Hemorrágica após a sorologia dar negativa.

Jornal da Parnaíba com informações do Blog do Pessoa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing