10/01/2020

Caso de comandante exonerado no Piauí repercute nacionalmente

Alguns internautas defenderam o posicionamento do Coronel, assim como outros discordaram de sua fala polêmica.


O caso do ex-comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar de Picos, Coronel Edwaldo Viana, que foi exonerado do comando após a divulgação de áudio em que o oficial defendia que seus homens "descessem as cordas" (no jargão policial é a morte) de criminosos durante confronto, repercutiu nacionalmente. 

Nesta quinta-feira (09), o site Uol publicou uma matéria sobre o caso, que rendeu cerca de 300 comentários na reportagem. Alguns internautas defenderam o posicionamento do Coronel, assim como outros discordaram de sua fala polêmica, que acabou viralizando nas redes sociais. “Falou besteira!!! polícia tem que seguir a lei...simples assim…”, disse um internauta. “Pois tem meu voto. Bandido tem que viver pouco”, disse outro em concordância com o posicionamento do agente. 

Após ser exonerado do cargo, o coronel se manifestou através de um vídeo. “É verdade que eu fui exonerado hoje pelo comandante geral, apesar de que ele não estava querendo me exonerar, foi contra a sua vontade, mas fui exonerado por questões políticas, nós temos que saber falar a verdade. Eu continuarei com a verdade”, disse Edwaldo Viana. 

Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing