05/08/2019

O que está por trás dos ataques à Valdeci Cavalcante? Que legado essa gente tem?


O que a politicagem rasteira não fizer nesse país, nada e nem ninguém o fará. O comportamento egocêntrico e mesquinho faz pessoas se tornarem em massas de manobra. E escolhem da pior maneira as pessoas erradas para lançarem elas no fogo.

Quem se atenta muito às redes sociais das pessoas consideradas “ativas”, e que estão direta ou indiretamente ligadas a ideologias políticas, notam que em Parnaíba querem agora, lançar uma nódoa na imagem do parnaibano Valdeci Cavalcante Presidente do SESC/SENAC e Sistema Fecomercio do Piauí.

O ataque se baseia no que alguns poucos consideram “imoral” da parte de Valdeci. A razão para toda essa algazarra é a homenagem que ele está fazendo ao Presidente Jair Bolsonaro (PSL), através de uma edificação da escola militar, que levará o nome do atual presidente do Brasil.

Ora, o Valdeci Cavalcante é conhecido por todos os seus conterrâneos, como um homem empreendedor e de muita visão nessa cidade. Quem se recusa a concordar, basta ver o que esse homem fez, quando resolveu resgatar um patrimônio histórico de Parnaíba, o prédio da União Caixeiral, há anos abandonado e que hoje abriga modernas instalações que beneficiam a cultura, em suas mais diferentes representações.

É sem nenhuma dúvida um dos maiores incentivadores da arte e do artista neste estado, suas obras encantam pela grandeza que se mostram. Chega a ser ridículo, o comportamento de quem tenta a todo custo, desqualificar alguém tão dedicado ao crescimento de sua cidade.

Mas se o motivo dessa mobilização de meia dúzia de pessoas, que resolveram não enxergar as coisas como são, mas sim como elas querem ver, vamos aqui ao fiel da balança. 

É imoral homenagear um presidente com uma instalação que se tronará uma referência? Então foi imoral homenagear o atual governador Wellington Dias (PT), com o nome do auditório do SESC Praia em Luís Correia. Os dois homenageados são políticos, que possuem admiradores e adversários, mas os mesmos que consideram uma “imoralidade” a homenagem para um, não concordam que seja imoral para o outro. É mole?

No próximo dia 16 outros dois importantes empreendimentos com a assinatura de Valdeci Cavalcante serão inaugurados, dois prédios imponentes, que abrigarão as novas instalações do SENAC oferecendo cursos e qualificações para o mercado de trabalho. Por lá, serão homenageados também pessoas como o Juvenal Domini de saudosa memória, como também será homenageado o ex-prefeito de Parnaíba Florentino Neto (PT), um homem público que têm simpatizantes e adversários, mas que sua homenagem não é tida como “imoral”, não para quem se arvora de um discurso cheio de engodo.

Agindo como tem agido o Valdeci Cavalcante dando uma aula de diplomacia, receita para um mundo melhor, esses pequenos “galos de rinhas” perdem a oportunidade de aprender, a como ser grande e deixar um legado de construção e não de cachorrada.

A doença chamada politicagem, afeta em primeiro lugar a visão dessas pessoas que se permitem ser vitimas. Duvido que qualquer um deles apresente na rede social, ou no quadro em geral o que produziram de benefícios para Parnaíba. Onde estão suas obras? Quem e quantas pessoas estão sendo beneficiadas? Mostrem, e eu serei o primeiro a reconhecer que entre uma “marafona” e um empreendedor, quem mais beneficia uma população é o primeiro sujeito.

Do contrário, recolham-se ao seus lugares e ao invés de criticas, busquem trabalhar para a construção de uma cidade melhor. Por mais roupas lavadas em vossos varais e menos Fake News em redes sociais.

Os legados do advogado, do presidente, do empresário e do cidadão do mundo que é o Valdeci Cavalcante são justos e perfeitos(.*.). Suas obras não fazem distinções de raças ou credos, pelo contrário, une a todos, quem se auto-desconvida, é porque se recusa a enxergar com os olhos racionais. 

Por: Tiago Mendes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing