18/07/2019

Homens têm vergonha de denunciar serem vítimas de violência doméstica


A defesa da mulher vítima ou casos de violência doméstica estão na prioridade do Grupamento de Atendimento Especializado a Criança, Idoso e Mulher (GAECIM). Na edição do programa Costa Norte Manhã desta quarta-feira (17/07), a Capitã Leoneide Rocha, comandante do GAECIM, tratou sobre os casos de violência doméstica que estão sendo mais denunciados. Vale ressaltar que o Grupamento de Atendimento Especializado a Criança, Idoso e Mulher é exclusivo de Parnaíba. A cidade é privilegiada.

O GAECIM tem a peculiaridade de atender tanto os casos de violência contra a mulher como contra do homem, mesmo sendo em número quase nulo. Segundo a capitã Leoneide Rocha, os homens são vítimas de violência doméstica; mas tem vergonha de denunciar. Ela os encorajou afirmando que a violência deve ser denunciada.

Uma das atividades, de prevenção contra a violência, cumpridas pelo Gaecim são as medidas protetivas, bem como as visitas domiciliares a pessoas resguardadas pela justiça. Ressaltou ainda, a capitã Leoneide Rocha, que a violência doméstica é material, psicológica e física. Parnaíba é uma das poucas cidades do Brasil que tem organizada rede de combate e prevenção à violência doméstica. Mesmo assim há o que avançar.

Fonte: Portal Costa Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing