10/10/2018

Extrema pobreza avança no PI e atinge 9,5% das famílias


Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Cresceu no Piauí o percentual de famílias que vivem com renda familiar per capita de até R$ 85. Isso significa que, agora, 9,5% das famílias piauienses estão em situação de extrema pobreza - e esse percentual nunca havia sido tão alto.

O estudo, realizado pela Tendências Consultoria, foi divulgado nesta terça-feira (9) e avalia os anos de 2014 a 2017, portanto, avalia o reflexo da crise econômica em vários estados brasileiros.

De todas as unidades da federação, apenas o Tocantins e a Paraíba tiveram queda no número de famílias extremamente pobres. A variação foi de -1,1% e -0,6%, respectivamente.

O Piauí, no entanto, está entre os estados que mais registrou crescimento nesse quesito, apresentando alta de 4,1% nas famílias consideradas em extrema pobreza. Apenas Sergipe (4,8%), Bahia (5%) e Acre (5,6%) tiveram aumentos mais expressivos. 

Na média nacional, a miséria subiu para 4,8% da população em 2017, contra 3,2% em 2014. Dos 10 estados com maior proporção de famílias nessa situação, 8 ficam no Nordeste. 



Além do Piauí, os percentuais mais elevados de extrema pobreza no país estão nos estados da Bahia (9,8%), Acre (10,9%) e Maranhão (12,2%). Os menores percentuais estão em Santa Catarina (1,8%), Distrito Federal (2,4%) e Paraná (2,5%).

Fonte: Portal Cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing