29/09/2018

Taxista diz que R$ 135 mil escondidos em cilindro de gás eram para compra de terreno

Polícia Federal investiga se o veículo conduzido por ele foi usado para transportes de drogas e abriu um inquérito para apurar suposta lavagem de dinheiro.

Homem prestou depoimento na Delegacia de Polícia Federal em Parnaíba — Foto: Kairo Amaral/TV Clube

O taxista cearense detido durante abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que apreendeu R$ 135 mil em dinheiro escondidos dentro de um cilindro de gás em um veículo que seguia na BR-402, município de Cajueiro da Praia, na noite dessa sexta-feira (28), afirmou, em depoimento à Polícia Federal (PF), neste sábado (29), que a quantia era para compra de um terreno.

O homem, identificado apenas como M. E. N. C., 44 anos, foi abordado por policiais rodoviários federais que, com a ajuda de cães farejadores, encontraram o dinheiro na porta malas do carro. Na delegacia da Polícia Federal, em Parnaíba, ele afirmou que o dinheiro estava escondido por questão de segurança.

Segundo a PF, ele relatou ter medo de ser roubado em rodovias piauienses e afirmou que o dinheiro seria usado para aquisição de um terreno no povoado Carapebas, zona rural de Luís Correia.

Dinheiro foi achado dentro de cilindro pela PRF. — Foto: Divulgação/PRF

Sobre a origem do recurso, o homem disse que se tornou empresário do ramo de táxi após ganhar pelo menos três prêmios em sorteios de loterias, um deles no valor de R$ 150 mil no ano de 2012. Após o depoimento o taxista foi liberado, mas o dinheiro e o carro permanecem apreendidos.

Carro será periciado
O carro do taxista será periciado, já que, segundo a PRF, os cães farejadores só indicaram que havia alguma coisa no cilindro por terem farejado indícios da presença de entorpecentes, que não foram encontrados. A intenção da polícia é verificar se o veículo já foi utilizado para o transporte de drogas.

O taxista ficou de apresentar documentos que comprovem a origem do dinheiro dentro do prazo de quinze dias. A Polícia Federal abriu um inquérito para apurar suposta lavagem de dinheiro.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing