17/06/2018

Pesquisa mostra que 95% das armas apreendidas no Piauí são de fabricação nacional

Levamento mostrou ainda que armas apreendidas são de cano curto e permitidas no país. Pesquisa demonstrou fragilidade no controle do armamento no Brasil.

Pesquisa mostra que 95% das armas apreendidas no Piauí são de fabricação nacional

Um levantamento feito pela ONG Sou da Paz traçou o perfil das armas apreendidas no Piauí, entre 2013 e 2016. A pesquisa revelou que a maioria do armamento apreendido é de fabricação nacional, o que demonstra a fragilidade no controle do equipamento no país.


De acordo com o levantamento, no estado as armas apreendidas são de cano curto, permitidas no país e 95% de fabricacão nacional. De janeiro a maio de 2018, a Polícia Militar do Piauí apreendeu 167 armas de fogo, 45 simulacros. Já no ano de 2017, foram 255 armas apreendidas.

Para o especialista em seguranca publica Nestor Calixto, a pesquisa desmistificar a crença de que a maioria as armas no país vem do tráfico internacional. Segundo ele, o principal problema é a falta de controle e investigação para saber a origem do armamento

“Muitas pessoas pensam que as armas apreendidas são frutos de importações através do tráfico internacional de arma de fogo. Isso nem sempre é verdade, como mostrou a pesquisa. Não existe um controle específico com relação a origem desse armamento. Quando se faz uma prisão ou apreensão, muitas vezes a arma é encaminhada para um inquérito policial e para um processo. Não há uma investigacão com relacão a origem dela. Ela realmente está sendo encaminhada para o local onde deveria? É enviada para o Exército? Sendo destruída?", argumentou o especialista.

Fonte: G1/Por PITV 2ª edição

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google