07/04/2018

Soldado suspeito de matar jovem no Piauí está foragido



O policial militar identificado como Ivaldo Vieira da Silva Filho é considerado foragido pela Polícia Civil, acusado de matar o jovem Cosme Damião dos Santos Neto a tiros no bairro Renascença 2, região Sudeste de Teresina. O crime ocorreu em dezembro de 2016 e sua prisão foi decretada no início da semana pela Justiça. O soldado é lotado no município de Avelino Lopes e segundo o coordenador do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa, delegado Francisco Costa, o Barêta, a corregedoria da PM já foi informada da ordem de prisão.


"O cipó que bate em Francisco tem que bater no Chico. Uma coisa é você ser prudente. Outra coisa é você ser condescendente. Eu não coaduno com crime e nem com criminoso", afirma o delegado.

Luciana Santos, exibe a cicatriz consequência de um tiro que atingiu o coração, estômag o, pulmão, e a deixou 17 dias internada. A microempresária foi baleada enquanto tentava evitar a morte do filho, Cosme Damião. Ele estava na porta de casa quando foi surpreendido pelo assassino.

"Ele parou em frente e disse 'E aí safado?', e deu dois tiros no meu filho, o terceiro eu já fui pra cima dele e aí ele atirou em mim. Derrubei ele da moto e aí ele saiu correndo. Meu esposo começou a gritar com minha filha e meu esposo correu atrás dele. Só que ele pulou dentro da horta, estava escuro e a moto ficou no local", informou.

Foto: Polícia Civil

Damião era processado por roubo e monitorado por tornozeleira eletrônica, o assassinato dele foi dia 10 de outbro do ano passado no conjunto Renascença 2. Ao reagir, a mãe Luciane conseguiu tomar a chave da moto do suspeito que fugiu a pé. O veículo se tornou peça chave na investigação.

"A moto era objeto de apreensão e deveria estar guardada no depósito da Polícia Civil. Essa moto foi apreendida em dezembro de 2016 em uma boca de fumo na Água Mineral. Nós fomos atrás do dono, que é um traficante, e constatamos que a moto teria sidoa preendida na Central, encaminhada para a Depre, mandei um expediente para o delegado Menandro Pedro, que respondeu dizendo que a moto teria sido encaminhada ainda pela coordenadora da Central direto para o depósito de bens apreendidos.

A Polícia afirma que alguém do depósito ajudou a retirar a moto usada no crime as escondidas. 

Reportagem de Tiago Melo (TV Cidade Verde)
Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google