20/03/2018

Preso atira contra PM em fuga na Penitenciária de Parnaíba

Foto:Sipoljuspi

Um preso atirou contra um policial militar durante uma fuga da Penitenciária Mista de Parnaíba, nesta segunda-feira (19). O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí, José Roberto Pereira, informou ao Cidadeverde.com que um dos seis presos envolvidos na fuga disparou em direção ao policial, que não foi atingido.


Dos seis presos, apenas um conseguiu fugir; os outros cinco foram recapturados ainda dentro da penitenciária. A fuga ocorreu por volta das 12 horas de hoje. 

De acordo com o sindicato, a arma foi apreendida, um revólver calibre 38 bulldog, com capacidade para cinco munições, sendo que quatro foram deflagradas contra a Guarda Militar. A arma foi encontrada com o preso Tassido Vilar Rodrigues. Com o preso ainda tinha sete munições. 

“Seis presos tentaram, mas só um conseguiu, mas essa situação foi diferente das outras porque um dos presos, aqui dentro da penitenciária, ter uma arma de fogo. Estávamos verificando a questão da arma e a quem ela pertencia”, disse José Roberto.

José Roberto comentou que o policial militar estava na guarita da unidade penitenciária, que antes era um mercado público. “Essa penitenciária era um mercado público e foi adaptada. Ela foi projetada para receber cerca de 157 presos, mas atualmente está com 560 detentos”, relatada o sindicalista sobre a superlotação no local. 

Penitenciária responde
A gerência da Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina, em Parnaíba, e a Polícia Civil do Piauí informam que na tarde desta segunda-feira (19) foi registrada tentativa de fuga na unidade. Um grupo de seis detentos projetou fuga mas foi abordado pela equipe de agentes da penitenciária que impediu a evasão de cinco envolvidos. Um deles, identificado como Bruno Sousa Araújo, conseguiu fugir. Uma arma foi interceptada pelos agentes e encontra-se sob guarda dos órgãos de segurança. Equipes da Polícia Militar da região de Parnaíba destacaram seu contingente e já estão em diligência nas proximidades. A Polícia Civil já inicia processo de investigação para analisar se os detentos receberam algum auxílio na tentativa de fuga. A arma foi apreendida e está com a polícia que fará investigação para saber a procedência.

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google