26/02/2018

Morre no Hospital Dirceu Arcoverde (HEDA), Alex (gêmeo)

Resultado de imagem para Alex dos Santos Nunes
Arquivo
Morreu na noite de hoje (25), Alex dos Santos Nunes conhecido como (gêmeo). Alex era foragido do sistema prisional desde fevereiro de 2017, ocasião em que fugiu da penitenciária Irmão Guido, na cidade de Teresina, e é suspeito de vários homicídios na cidade de Parnaíba e Luís Correia, bem como envolvimento em tráfico de drogas e vários outros delitos.

Nas primeiras horas da manhã da última sexta-feira (23), uma operação policial denominada "Geminus", que envolviam a Delegacia de Homicídios /Tráfico de Drogas/Latrocínio de Parnaíba - DHTL e Núcleo de Inteligência da Planície Litorânea NI-PHB, com o apoio do Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança, Delegacia de crimes contra o patrimônio - DEPATRI e Delegacia da Mulher de Parnaíba, Polícia Militar, através do BOPE, deu cumprimento a mandado de busca e apreensão e prisão em desfavor de Alex.

Segundo divulgou a Polícia Civil, Alex e seu comparsa Ricardo Pereira de Souza, vulgo "Pertubinha", trocaram tiros com os policiais ocasionando a morte de imediato do último.




Alex, alvejado com três disparos de arma de fogo que atingiram o abdômen tendo que posteriormente passar por cirurgia de emergência bastante delicada que durou cerca 6 horas.

Resultado de imagem para Alex dos Santos Nunes
Imagem: Whatsapp

Alex, perdeu um rim, parte do fígado e teve o estômago suturado em vários pontos. Após a cirurgia que terminou por volta do meio dia, depois foi para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) onde se encontrava ainda em estado grave.



Na noite de hoje (25), não resistiu e foi a óbito no leito do hospital e deve ter o corpo removido para o Instituto Médico Legal no bairro Frei Higino para os últimos procedimentos e logo após deverá ser liberado à família para o velório.

Atualizado ás 06:44 26/02/2018
Alex, morreu às 19h40 deste domingo (25/02) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba (PI), após sofrer falência múltipla de órgãos.

Segundo o delegado de Homicídios, Eduardo Aquino, após a falência de Alex, as investigações serão continuadas por conta do envolvimento de outras pessoas em crimes associados ao jovem.

Da redação do Portal PHB em Nota

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google