07/12/2017

UESPI tem alunos aprovados em diversos programas de mestrado e doutorado pelo Brasil

Bruno Oliveira, Maylson Candeira, Reinaldo Melo e Myria Fernanda, ambos de Parnaíba, foram aprovados em Mestrado 
de Filosofia

Estudantes de diversas áreas do conhecimento e diferentes campi da Universidade Estadual do Piauí, obtiveram aprovações em programas de mestrado e doutorado de instituições de ensino em todo o Brasil. Eles relataram o resultado do processo que transformará suas vidas e experiências.

Um grupo composto por quatro estudantes da primeira turma do Curso de Filosofia do campus Prof. Alexandre Alves de Oliveira da UESPI, em Parnaíba, foram aprovados em programas de pós-graduação na Universidade Federal do Piauí e da Universidade Federal de Minas Gerais. Os alunos Bruno Oliveira, Reinaldo Melo e Myria Fernanda foram aprovados no programa no Mestrado em Filosofia da UFPI (PPGFIL).

Maylson Candeira, que obteve aprovação no mestrado na UFMG, agradeceu ao apoio dos professores que o influenciaram nesse processo. “São excelentes profissionais, ótimas pessoas que se importam com o desenvolvimento acadêmico dos alunos”, diz Maylson, que pretende, com as pesquisas, trazer frutos para a Filosofia, sobretudo na área de Filosofia da Mente.

Os programas de iniciação científica e de iniciação à docência contribuíram para formação dos graduandos, exemplo disto é a bolsista do PIBID e PIBIC do campus Torquato Neto, em Teresina, Karla Santos. Ela apresentou um projeto que veio a culminar com a aprovação do Mestrado em Letras da UFPI. “A vaga que conquistei no processo seletivo do mestrado da UFPI é resultado de todo um caminho de pesquisas e experiências que esses programas me proporcionaram”, comemora.

A bolsista do PIBID/UESPI, Karla Santos comemora o resultado 

Karla falou que teve ativa participação em programas de iniciação à docência. “Minha participação como bolsista, desde então, resultou de forma ativa até no meu trabalho de conclusão de curso com uma temática dentro da mesma linha de pesquisa (Metaficção historiográfica)”, disse.

“Fiquei aliviado em saber que os conhecimentos aprendidos na UESPI puderam me ajudar nessa seleção e com isso continuar a vida acadêmica e melhorar minha formação profissional”, destacou o aluno do campus Clóvis Moura, Abraão Janderson, sobre a importância da aprovação no mestrado em Letras Português da (UFPI).

Entre outros alunos da UESPI aprovados estão Bruno Melo e Rafael Melo, Mestrado em Filosofia (UFPI); Aline Brandão, Mestrado em Química (UESPI); João Vitor, 1° lugar no Mestrado de Botânica na Universidade Federal de Viçosa (UFV); Robson Sousa, Doutorado na Universidade de Campinas (UNICAMP); Lucas Araújo, 1º lugar Mestrado em Direito na Universidade de Brasília (UnB); a egressa Sandra Elena, 1º lugar Mestrado em linguística (UFPI); Naira Suzane, Mestrado em Letras Português (UFPI); Liviane Martins, Mestrado em Linguística (UFPI); Marcos Paulo e Pedro Augusto, Mestrado em Física (UFPI); e Ana Cláudia, Doutorado Sanduíche em Física na Espanha.

Além de Danielle do Rego Monteiro, Ravena Amorim, Josivan Antonio do Nascimento, Ana Claudia Oliveira, Michel Augusto Carvalho, Jeane Virginia e Wesley William Alves de Oliveira, todos aprovados em Mestrados de Letras (UESPI).

Motivação
Para realizar o sonho de se formar em uma universidade, o estudante de rede pública de ensino municipal e estadual, Bruno Oliveira, conseguiu vencer obstáculos. Ele é um dos aprovados no mestrado da UFPI. Com base em sua experiência de vida, o estudante estimula quem deseja alcançar o mestrado. “Tive persistência e foco desde minha aprovação na graduação da UESPI pelo Enem, e dentro da instituição me empenhei a produzir trabalhos, escrevi capítulos de livros, aproveitei ao máximo o que instituição me proporcionou até me motivar a conseguir êxito na aprovação do mestrado”, confessa Bruno.

Bruno reconheceu a importância da UESPI para seus estudos, e ressaltou que é significativo para a carreira. “A UESPI nos proporcionou os conhecimentos balizares graças aos nossos orientadores e isso reforçou nossa aprovação nesses mestrados tão conceituados”, avalia o estudante.

Eficiência
Os orientadores têm papel em nortear os graduandos.“Estamos sempre ampliando os estudos, colhendo mais informações direcionando aos discentes”, frisou a Profa. Maria Suely Lopes, orientadora da aluna Karla Santos.

“Sou muito grato a todos eles, especialmente ao professor Thiago Chaves, meu orientador, que teve forte influência na minha aprovação no mestrado da UFMG,” suscitou o aluno Maylson Candeira.

Para os docentes da UESPI, o empenho dos alunos faz a diferença. “Nossos alunos são interessados por estarem envolvidos com pesquisa, PIBIC, publicações, estamos bastantes satisfeitos e felizes. Temos cursos sólidos e eficientes com inserção acadêmica, é um momento de celebração de um ciclo produtivo”, celebrou a Profa. Dra do curso de Filosofa da UESPI/ Paranaíba e Profa. do Mestrado da UFPI, Solange Costa.

Segundo a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) que avalia o desempenho em programas de pós-graduação no país, as seleções de mestrado das instituições seguem uma sistemática e rigorosa norma de avaliação.


Assessoria de Comunicação - UESPI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google