11/11/2017

Rapaz espancado e jogado em rio foi atraído pela rede social, revela delegado

Polícia Civil

O delegado Firmino Vilarinho, de Barão do Grajaú (MA), informou ao Cidadeverde.com que um rapaz de 19 anos foi preso suspeito de marcar encontro pela rede social para roubar e agredir uma vítima de Floriano. O crime ocorreu às margens do rio Parnaíba na última segunda-feira (6) e o comerciário - Bruno Amorim - foi espancado e jogado no rio Parnaíba. Ele ficou por 9 horas desacordado. A vítima conseguiu sobreviver porque no movimento das águas se encostou em uma draga e foi salvo.

Foi preso Michel Soares da Silva que era conhecido da vítima. "Eles marcaram um encontro pela rede social para se encontrarem às margens do rio pelo lado de Barão de Grajaú. Quando a vítima chegou estava uma terceira pessoa encapuzada que foi logo lhe agredindo", contou o delegado.


Arquivo Polícia Civil

Segundo a polícia, a vítima foi agredido com socos e pontapés, principalmente no rosto. A agressão foi tão violenta que o rapaz desmaiou. 

"Segundo relato, o Michel ainda dizia: não é pra bater, não é preciso bater nele".

O delegado informou que durante a ação, os criminosos roubaram uma moto da vítima, um colar de ouro e um óculos. Os dois - a vítima e Michel - são de Floriano.

"Eles se conheciam e é a segunda vez que eles se encontravam. Michel é suspeito porque apreendemos o celular da vítima que confirma o encontro e ele ainda não procurou a polícia, não prestou socorro".

Para a Polícia, durante a ação, os criminosos resolveram eliminar o corpo do comerciário. 

A vítima foi encontrada presa na draga e levada para o Hospital. Ontem, ele teve alta e não há risco de morte. "Ele está com hematomas nos olhos e um corte na mandíbula. Foi salvo pela draga. Ele desceu o rio preso a draga numa posição que conseguia respirar".

Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta