13/10/2017

Presidente da Fecomércio participa de audiência com governador



Defensor da construção de uma marina no litoral do Piauí, o presidente do Sistema Fecomércio Sesc/Senac, Valdeci Cavalcante, participou de uma audiência com o governador Wellington Dias, nesta quarta-feira (11). Ele estava acompanhado do conselheiro da Fecomércio, Dênnis Cavalcante, vice- presidente da entidade. 

O secretário da Fazenda, Franzé Silva, o deputado estadual Dr. Hélio e o representante da Secretaria da Fazenda participaram da audiência. 

Valdeci Cavalcante apresentou ao governador o projeto de construção da Estação Ecológica de Amarração – empreendimento que alia lazer e proteção ambiental. “Trata-se de uma marina com todas as cautelas ambientais”, explica Valdeci. O projeto foi desenvolvido por arquitetos de Parnaíba e da Espanha.

A obra prevê a infraestrutura necessária para instalação de empreendimentos que vão oferecer diversos serviços no litoral. “Serão ancorados barcos, mas o empreendimento terá também heliporto, restaurantes, boate, estaleiro e um local apropriado para observação permanente do Instituto Chico Mendes e Ibama”, reforça Valdeci.

A idéia agradou ao governador Wellington Dias, que determinou ao secretário de Administração, Franzé Silva, o agendamento de uma reunião para analisar a melhor forma de atrair investidores para aplicação de recursos privados no projeto. A tendência é que o funcionamento ocorra por meio de parceria público-privada.

SOBRE OBRA DO PORTO
O governo do Piauí pretende iniciar, ainda em 2017, uma nova etapa de obras no Porto de Luís Correia. O anúncio foi feito nessa quarta-feira (11), pelo governador Wellington Dias. A equipe da Secretaria dos Transportes está finalizando os últimos projetos necessários às intervenções, que contemplarão asfaltamento e a retroárea, que é uma área adjacente a um terminal portuário com a intenção de suprir suas necessidades de área de armazenagem do porto. As obras estão orçadas em R$ 28 milhões.

“Com esse investimento, teremos um porto de pequeno porte em condições de atender ao turismo, à pesca e alguma carga trazida em embarcações de calado menor”, explicou o governador. O governo passa a analisar também, propostas que podem acelerar o processo de urbanização e desenvolvimento na área do porto.

Assessoria de Comunicação 
Fonte: CCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta