16/08/2017

Saúde reforça alerta após aumento nos casos de Chikungunya no Piauí

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Com o fim do período chuvoso e a chance de aumento da proliferação do mosquito Aedes aegypti, a Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) reforça o alerta para combate do transmissor da dengue, zíka e chikungunya - esta última registrou aumento de 103,9% dos casos em relação ao ano passado. 

Em entrevista ao Cidade Verde Notícias, o diretor da unidade de Vigilância e Atenção à Saúde, Érlon Guimarães, ressaltou que 10 municípios do Piauí estão em situação de risco e outros 75 em estado de alerta por conta da chikungunya. 

"Não existe nenhuma mágica. Nós temos, sim, que combater o vetor, eliminando os focos criadores para que a gente possa reduzir", disse o diretor, na entrevista para a Rádio Cidade Verde. 

Ainda que o aumento no número de casos assuste, Érlon Guimarães atribui a elevação no índice ao crescimento nos registros de pacientes acometidos pela doença. "No início dos casos, em 2015, nós não tínhamos tecnologia laboratoriais para diagnosticar esses casos", acrescentou. 

A Sesapi tem trabalhado junto aos municípios e suas secretarias de saúde para traçar planos de ação e evitar maiores problemas com relação às doenças transmitidas pelo mosquito. A intenção é reforçar o lado preventivo.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta