09/08/2017

Piauí chega a 86 municípios em estado de emergência por conta da seca

Imagem: Web

Conforme anunciado no final de julho, o Governo do Piauí decretou situação de emergência em mais 61 municípios por conta da seca. Com isso, chega a 86 o número de prefeituras que poderão contar com ajuda para combater os efeitos da estiagem no estado - 39% do total. 

O governo já havia reconhecido emergência em cerca de 40 municípios no mês de janeiro e outros em 25 de julho. O decreto, publicado no Diário Oficial da última segunda-feira (8), representa uma ampliação em relação na primeira lista, que perdeu a validade após 180 dias. 

Os municípios abrangidos pelo decreto estão nos territórios Serra da Capivara, Vale do Canindé, Vale do Guaribas e Vale dos Rios Piauí, Itaueira e Corrente. Além de redução no volume das chuvas, as regiões apresentaram perdas de mais de 50% na safra agrícola. 

Outro problema é o baixo volume nos reservatórios de água - alguns operam abaixo de 25% da capacidade, o que já levou o governador Wellington Dias a determinar medidas para racionamento de água em 27 cidades - dessas, 19 aparecem no novo decreto de emergência desta semana: 

Municípios com racionamento de água e que aparecem no decreto de emergência de 07/08/17

Jaicós, Fartura do Piauí, Francisco Santos, Belém do Piauí, Padre Marcos, Caridade do Piauí, Alagoinha do Piauí, Simões, Campo Grande do Piauí, Fronteiras, São Julião, Vila Nova do Piauí, Bonfim do Piauí, Coronel José Dias, Dirceu Arcoverde, São Braz do Piauí, São Lourenço do Piauí, São Raimundo Nonato e Várzea Branca. 

O decreto é válido por 180 dias e permitirá que as prefeituras recebam ajuda inclusive do Governo Federal para que sejam minimizados os efeitos da seca. 

Veja o decreto:


Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta