06/06/2017

Parnaíba ocupa 115º lugar ranking da violência no Brasil

Morte do taxista Benevaldo de Sousa, 72 anos, no dia 05/04 deste ano, vítima de latrocínio, é mais um dos crimes 
que reforçam as estatísticas da violência em Parnaíba. Brutalidade do assassinato chocou a população da 
cidade (Foto: Reprodução TV Costa Norte) 

Dados divulgados nesta segunda-feira (05) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) revelam que Parnaíba é a 115ª cidade menos violenta do Brasil. O ranking está no levantamento “Atlas da Violência”, que leva em conta as taxas de homicídios e o número de mortes violentas com causas indeterminadas no ano de 2015. 

Para chegar aos índices, o IPEA considerou as 304 cidades do país com população superior a 100 mil habitantes. No Piauí, além de Parnaíba, a capital Teresina também foi relacionada, ocupando na 192ª posição. Este índice é obtido através da proporção entre o número de mortes violentas e o número de habitantes de cada cidade. 




No ano da pesquisa, foram contabilizados 26 assassinatos e outras 11 mortes violentas com causas indeterminadas (que podem ser acidentes, suicídios, ou até mesmo latrocínios). Os dois índices somados revelam a taxa de 24,7 mortes para cada 100 mil habitantes. Em Teresina, a taxa em questão praticamente dobra, chegando a 44,8. 

Segundo o “Atlas da Violência”, Parnaíba é considerada mais violenta que 114 cidades no Brasil, incluindo grandes cidades como Campinas (61ª posição), Guarulhos (85ª posição) e até mesmo a São Paulo, que ocupa a 67ª colocação. Em contrapartida, o segundo maior município do Piauí é colocado como mais seguro que 189 cidades pesquisadas. 

Confira a pesquisa completa: Atlas da Violência 2017

Fonte: Portal CN/Por Daniel Saturnino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta