18/01/2023

PMs que atuam na fiscalização de trânsito passarão a usar câmeras no fardamento

Essa e outras ações envolverão os órgãos que integram as políticas públicas de prevenção de acidentes e de segurança no trânsito. 

Câmera de fardamento.Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O Governo do Piauí irá intensificar as fiscalizações de trânsito nos centros urbanos e em rodovias estaduais com o objetivo de preservar vidas e dar mais segurança para a sociedade. A pauta foi discutida nessa terça-feira (17) em reunião do governador Rafael Fonteles e gestores de órgãos ligados ao trânsito e segurança, a fim de traçar o planejamento das ações que serão realizadas de forma integrada ao longo da gestão.

Participaram da reunião o secretário de Estado da Segurança, Chico Lucas, gestores e representantes da Secretaria de Estado dos Transportes (Setrans), da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), do Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Samu), Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Na oportunidade, Rafael Fonteles autorizou a aquisição de câmeras pela Secretaria da Segurança Pública, que deverão ser usadas no fardamento dos policiais militares durante as operações ostensivas. “Inicialmente, o equipamento será destinado aos profissionais que atuam nas ações de trânsito, visando garantir uma abordagem tranquila, sem abuso de nenhuma das partes, protegendo o cidadão e o Estado”, explicou o governador.

O chefe do Executivo estadual destacou que as ações envolverão os órgãos que integram as políticas públicas de prevenção de acidentes, de segurança no trânsito e também de cuidados com as pessoas que são acidentadas. “Temos a convicção de que as políticas públicas de fiscalização intensiva do trânsito tem consequências muito boas para a sociedade no que diz respeito à segurança pública, mas principalmente na prevenção de acidentes e salvando vidas”, comentou Rafael Fonteles.

O governador ressaltou que planejamento e comunicação são pontos fortes para a garantia de bons resultados. “É algo que nós queremos fazer com muito planejamento, baseado em dados. Sempre comunicando bem a população da importância disso. Essas fiscalizações vão salvar vidas, evitar que pessoas fiquem com sequelas de acidente de trânsito, inibir o roubo de veículos, impedir o tráfico de drogas e garantir mais sensação de segurança”, disse o gestor.

Ainda de acordo com Rafael Fonteles, além da fiscalização, haverá um trabalho de educação, sobretudo nas escolas, junto às crianças e jovens. “Vamos ensinar como utilizar bem o trânsito, garantindo a paz e permitindo que vidas sejam salvas”, frisou o governador.

A diretora-geral do Detran, Luana Barradas, reforçou a colaboração do órgão por meio da Gerência de Fiscalização e da Escola Piauiense de Trânsito. “Estaremos educando os condutores para que tenhamos a redução dos acidentes de trânsito”, disse a gestora.

Já o superintendente da Strans, Bruno Pessoa, destacou que a integração deve trazer resultado importantes. “Ficamos felizes com a iniciativa do governador e com o convite para integrar, junto às outras instituições, a segurança viária para interagir e integrar as instituições em favor da vida, realizando blitzen e garantindo a prevenção para que possamos diminuir a quantidade de acidentes no trânsito e, consequentemente, a quantidade de mutilados e sequelados”, afirmou o gestor.

Fonte: Governo do Piauí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing