04/01/2023

Família denuncia prejuízo de R$ 43 mil ao comprar casas vendidas por supostos 'funcionário da Caixa' e 'assistente da prefeitura', no Piauí

Segundo vítimas, imóveis foram pagos e deveriam ter sido entregues até outubro de 2022. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, que não deu detalhes do caso. O g1 não conseguiu detalhes com as defesas dos suspeitos.

22º Distrito Policial na Zona Norte de Teresina — Foto: Gustavo Almeida/G1

A Polícia Civil do Piauí investiga denúncias contra uma assistente social e um corretor de imóveis suspeitos de realizar falsas vendas de casas em Teresina. Para aplicar o golpe, segundo vítimas, a mulher se passa por servidora da Prefeitura Municipal e o homem por funcionário da Caixa Econômica Federal.

O caso está sendo investigado por vários distritos policiais de Teresina, que não informaram detalhes do caso. O g1 não conseguiu detalhes com as defesas dos suspeitos.

O g1 conversou com sete vítimas de uma mesma família, que juntas tiveram prejuízo de R$ 43 mil. Quatro delas registraram boletins de ocorrência na última quarta-feira (28), na Delegacia do 2º Distrito Policial (DP), no bairro Primavera, Zona Norte de Teresina. As demais fizeram denúncias no 11º DP e 22º DP.

Uma das vítimas, uma mulher de 51 anos, relatou que seu primeiro contato com os suspeitos de estelionato aconteceu em abril de 2022, por meio da esposa de um sobrinho. Para efetuar a compra do ágio de um imóvel no Residencial Nova Teresina, a mulher fez uma transferência de R$ 6 mil.

"A assistente social nos disse que trabalhava no setor de habitação, que tava vendendo o ágio de umas casas abandonadas. O corretor nos levou de carro até as casas para observá-las, sempre dizendo que a chave tava em posse da Caixa Econômica Federal. Eu assinei o contrato, paguei o valor, deveria receber em cinco ou seis meses", relembrou.

Antes de desconfiar do possível golpe, os familiares trocaram novas recomendações e firmaram mais contratos. Ao todo, sete pessoas da mesma família tiveram prejuízo financeiro. Uma das vítimas chegou a transferir R$ 12 mil.

Família denuncia prejuízo de R$ 43 mil ao comprar casas vendidas por supostos 'funcionário da Caixa' e 'assistente da prefeitura' em Teresina — Foto: Arquivo Pessoal

As casas que foram supostamente vendidas, conforme as vítimas, estão localizadas na região da Santa Maria da Codipi e nos residenciais Nova Teresina, Jacinta Andrade e Vale do Gavião, zonas Norte e Leste da capital.

"A mulher pedia 'olha, quem tu conhecer que tá querendo, me passa o contato', aí foi pegando um por um. Depois os suspeitos começaram a adiar a entrega das casas e toda vez inventavam uma desculpa", contou.

Família denuncia prejuízo de R$ 43 mil ao comprar casas vendidas por supostos 'funcionário da Caixa' e 'assistente da prefeitura' em Teresina — Foto: Arquivo Pessoal

Ainda de acordo com as vítimas, os suspeitos prometem, desde outubro do ano passado, que irão entregar as moradias ou reembolsar os valores pagos, mas, até o momento, nenhum imóvel foi entregue ou a quantia foi devolvida.

"Essa conversa vem de muito tempo, já não confio mais. Acho que enganaram muita gente, usaram de má-fé. É muito doloroso quando você deposita seu sonho nas mãos de alguém. Eu vi minha mãe chorar, nossa família está abalada", completou uma das vítimas.

Fonte: Portal G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing