04/01/2023

Delegado Tales Gomes sai do Greco e assume a Gerência de Polícia Especializada

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

O delegado geral, Luccy Keiko, deu início as mudanças na Polícia Civil e designou o delegado Tales Gomes, que estava na coordenação do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), para assumir o comando da Gerência de Polícia Especializada (GPE). A portaria de nº 2/2023/PC-PI, foi publicada no Diário Oficial de 3 de janeiro.

Como o Cidadeverde.com já havia divulgado em primeira mão, o delegado Tales Gomes assume no lugar que era ocupado pelo delegado Matheus Zanatta, que vai deve assumir a Superintendência de Operações Integradas e Avaliação de Riscos.

Tales Gomes será responsável por coordenar todas as delegacias especializadas localizadas no estado, entre elas estão: a de Proteção aos Direitos da Mulher, Proteção aos Direitos da Criança e do Adolescente (DPCA), de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (DEPRE), Delegacia de Polícia Interestadual (Polinter), de Crimes Contra a Ordem Tributária, Econômica e Relações de Consumo (Deccoterc), de Repressão aos Crimes de Trânsito, de Proteção ao Idoso e de Meio Ambiente.

“Vamos coordenar as delegacias especializadas, inclusive o Greco, mais a parte de idoso, trânsito, adolescente, mulheres, estamos nos inteirando sobre o funcionamento das delegacias e vamos procurar focar no atendimento dessas delegacias, tentar melhorar e ver como avançar e tentar auxiliar nas investigações em curso, prestar apoio operacional e vamos assumir a Decap para cumprimento de mandados de prisão”, afirmou.

Sobre o trabalho realizado no Greco, ele explicou que ficou por quatro anos, e que foram realizadas 199 prisões em flagrante, 211 prisões por mandado, apreensão de 118 armas, 108 veículos, cerca de R$ 1.258.437 milhões apreendidos, além de mais de uma tonelada de drogas.

“Cheguei em dezembro de 2018 no Greco até dezembro de 2022, fiquei 4 anos e fui o gestor mais tempo no Greco. É uma unidade que tem como atuação, roubo a banco, ataques a agências bancárias, sequestros, e durante a nossa gestão tivemos assaltos a bancos, estouros de caixas eletrônicos e conseguimos elucidar a maioria dos casos, a prisão dos principais líderes. Em 4 anos, apreendemos mais de 1 milhão e 200 mil reais. No caso dos caixas eletrônicos demos uma diminuída com a prisão dos principais líderes. Tivemos casos de fraudes documentais com muitas apreensões, também tivemos operação contra corrupção policial com a prisão de 13 policiais em 2019. Tivemos a apreensão de mil tabletes de cocaína e duas aeronaves, e a questão das facções onde atuamos em cima, e deflagramos algumas operações e prendemos algumas lideranças”, destacou.

Luccy Keiko já afirmou que o Greco será comandado pelo delegado Charles Pessoa, que era o diretor de Inteligência da Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus).

Várias outras mudanças devem ser realizadas em breve pelo delegado geral Luccy Keiko.

Bárbara Rodrigues
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing