24/01/2023

Artilheiro do Piauiense, Kakim é pupilo do técnico Pedro Manta no Tubarão: “Futuro promissor”

Luan Thalison - Kakim

O Parnahyba ficou no empate por 2 a 2 diante o River no último domingo (22), no estádio Mão Santa, em Parnaíba. Com o apoio em massa do torcedor o time esteve à frente no placar, tomou a virada e buscou o empate. Uma das peças importantes na conquista desse um ponto foi o atacante Kakim, autor de um gol e com isso chegou aos três gols no Campeonato Piauiense 2023. O Parnahyba folga na rodada do final de semana e volta a jogar no dia 1° de fevereiro contra o CoriSabbá, no estádio Tibério Nunes, em Floriano.

“Infelizmente ontem a perna pesou. Estamos com um calendário com mais datas, mas não entendo a federação, pois tivemos uma sequência desumana com quatro jogos em 10 dias. Mas o time correspondeu bem apesar de algumas baixas caso do Nixon (atacante) e Thales (zagueiro). O Nixon foi uma escolha nossa da comissão condicionar ele melhor e colocar ele em campo somente contra o CoriSabbá e o Thales deu entrada no departamento médico”, explicou o técnico do Tubarão, Pedro Manta.

Luan Thalisson, conhecido como Kakim, de 23 anos, é prata da casa e está acostumado a defender da camisa do Tubarão do Litoral. Clube no qual já atuou por algumas temporadas e desde 2022 vem sendo peça importante. Ele brilhou na última rodada do Piauiense do ano passado ao conseguir a vitória heroica do Parnahyba em cima do River, colocando o time na semifinal, com gol de cabeça, que é inclusive a especialidade do atleta.

“Impulsão e tempo de bola eu acho que me ajudam muito. Só posso dizer que é fruto de muito trabalho. A torcida apoiando dá um gás a mais para qualquer pessoa e eles estão fazendo lindas festas para a gente”, narrou Kakim, atacante do Altos.

Na temporada 2023, Kakim segue no mesmo ritmo e em quatro jogos são três gols marcados e curioso é que os três foram marcados de cabeça, apesar dos seus pouco mais de 1m60cm de altura. Com os números, neste começo de Estadual o atacante figura entre os artilheiros da competição ao lado de Yan Phelippe, do Altos também com três gols.

“Cá entre nós ele tem uma impulsão monstra mesmo sendo um atleta de pouco mais de 1m60cm. Deixa ele, aos poucos ir beliscando seus golzinhos. Kakim é um atleta no qual eu vejo um futuro muito promissor dentro do futebol”, brincou o treinador do Parnahyba.

Torcida vem lotando o piscinão

O Tubarão tem nove dias até seu próximo compromisso e por isso o time irá se reapresentar somente na quarta-feira (25). O time volta a campo contra o CoriSabbá no dia 1° de fevereiro, em Floriano. Em quatro jogos o Parnahyba tem – uma vitória e três empates.

Fonte: Cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing