13/11/2022

Cortejo e forte comoção marcam enterro de menina de 6 anos morta em tentativa de assalto

O velório de Débora Vitória ocorreu na casa da família, mesmo local onde a criança, a mãe e a irmã de 14 anos foram abordadas por dois homens armados.

Velório de menina morta durante tentativa de assalto em Teresina — Foto: Reprodução/TV Clube

Familiares e amigos de Débora Vitória, de 6 anos, realizaram na tarde deste sábado (12) um cortejo até o cemitério do bairro Areias, Zona Sul de Teresina, para prestar a última homenagem a menina, que morreu baleada durante tentativa de assalto. Comovidos pela situação, eles não quiseram falar com a imprensa.

O velório ocorreu durante toda manhã na casa da família, no bairro Ilhotas, mesmo local onde Débora Vitória, morreu baleada, e a mãe, a manicure Dayane Gomes, ficou ferida com um tiro na coxa por volta das 18h30 dessa sexta-feira (11). A mãe chegava em casa de moto com Débora, a filha mais nova de quatro irmãos, e outra filha, de 14 anos, quando foram abordadas por dois homens armados.

A suspeita é de que uma testemunha, também armada, teria reagido ao ver o assalto. Houve troca de tiros e a criança foi baleada no abdômen. Ela chegou a ser levada para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), mas morreu após dar entrada.

Mãe ficou ferida
Débora Vitória, de seis anos, morreu em tentativa de assalto na Zona Sul de Teresina — Foto: Reprodução

A mãe foi atendida e liberada após atendimento médico. A outra filha de Dayane presenciou os tiros, mas não ficou ferida. A manicure tem outros dois filhos, um menino e uma menina, que não estavam em casa no momento.

Nas redes sociais, Dayane publicou um vídeo em que se despediu da filha.

"Pra sempre meu anjo! Menina de Deus, sorriso encantador, felicidade era seu nome, o céu te recebe, você sempre brilhará muito. Te amaremos para sempre bebezinha da mamãe".

Suspeitos presos
Horas depois, dois homens foram presos suspeitos do crime. Contudo, a polícia ainda não confirmou se o tiro que atingiu Débora partiu dos assaltantes ou da testemunha que reagiu. Apenas o laudo da perícia balística poderá confirmar.

O caso está sendo investigado pelo DHPP. A criança está sendo velada por amigos e familiares em casa, no bairro Ilhotas, residência diante da qual ela foi assassinada.

Fonte: Portal G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing