24/08/2022

Homem preso por importunação sexual contra sobrinha é solto, no Piauí

A vítima estaria sendo alvo do próprio tio desde o início deste ano, quando ele começou a exibir o órgão sexual, se masturbar e fazer insinuações sexuais

Homem preso por importunação sexual contra sobrinha em Oeiras é solto (Foto: Reprodução/ Oeiras em Foco)

Um homem identificado pelas iniciais A.A, de 46 anos, preso na tarde dessa segunda (22) acusado de importunação sexual e stalking contra a própria sobrinha no município de Oeiras, a 281 km de Teresina, foi posto em liberdade nesta terça-feira (23) após uma audiência de custódia.

A vítima estaria sendo alvo do próprio tio desde o início deste ano, quando ele começou a exibir o órgão sexual, se masturbar e fazer insinuações sexuais para a jovem, de iniciais A.C.P, que tem apenas 20 anos. O Meionorte.com apurou junto a Polícia Civil de Oeiras que o acusado fará o uso de tornozeleira eletrônica, além de outras medidas cautelares, que são:

a) Comparecimento mensal em juízo para informar e justificar suas atividades, até o dia 10 de cada mês, pelo período de 06 (seis) meses;

b) Proibição de se ausentar da comarca sem autorização judicial, pelo período de 06 (seis) meses;

c) O afastamento do lar da vítima, ficando proibido de aproximar-se dela, num limite mínimo de distância de um raio de 200 (duzentos) metros;

d) A proibição de entrar em contato com a ofendida e seus familiares (pais e irmãos que com ela residam), por qualquer meio de comunicação, inclusive por telefone, sms, internet e aplicativos de mensagens (whatsapp, etc.);

e) A proibição de frequentar os mesmos lugares que a vítima estiver frequentando;

f) Monitoramento eletrônico com área de exclusão de um raio de 200 (duzentos) metros do endereço da vítima, pelo período mínimo de 04 (quatro) meses. Após tal lapso temporal, a necessidade da medida será reavaliada.

Vítima tinha medo de denunciar
Em entrevista ao Meionorte.com, o capitão Cícero, Subcomandante do 14° Batalhão da Polícia Militar de Oeiras, disse que vítima tinha medo de denunciar por se tratar de um tio e homem também fazia ameaças. Após mais um episódio de importunação, a jovem contou o que estava acontecendo para uma prima, que denunciou o caso via Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), que conseguiu prender o abusador ainda em flagrante.

“Ontem por volta das 13h30, ligaram para o Copom denunciando esse fato, fomos até o local, onde localizamos o suspeito e a suposta a vítima. Em conversa com a vítima, ela confirmou esses abusos que ele cometia. Eles moram no mesmo terreno, fundo com fundo e ele ficava pelado na frente dela, pegando nas partes intimas, se masturbando, perseguindo e falando palavras de cunho sexual. Esses casos se intensificaram no inicio desse ano, mas ela não tinha coragem de denunciar devido as ameaças que ele fazia, até que uma prima resolveu fazer a denúncia”, declarou o capitão.

Ainda de acordo com o policial, o homem já tem passagens pela polícia.

Fonte:Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing