24/08/2022

Febre do Nilo Ocidental: exames detectam o vírus em aves do Piauí

Entre julho e agosto deste ano, foram encontradas centenas de aves silvestres mortas no Norte do Piauí

Aves mortas em Buriti dos Montes, no Piauí (Foto: Ocílio Sousa)

O vírus do Nilo Ocidental foi identificado em aves que apareceram mortas no município de Milton Brandão, situado no Norte do Piauí. O resultado foi apontado em uma análise preliminar feita pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) e Laboratório Central do Piauí (Lacen-PI). A doença, transmitida pela picada de um mosquito contaminado, teve o 10º caso confirmado em humanos em agosto deste ano.

As mortes de centenas de avoantes nos municípios circunvizinhos de Milton Brandão, Juazeiro do Piauí e Buriti dos Montes continuam em investigação pela Secretaria de Saúde do Estado do Piauí (Sesapi). Ainda esta semana, equipes de vigilância vão coletar tecidos de animais mortos no terceiro município que reportou casos.

Em Buriti dos Montes (a 240 km de Teresina), o chefe da Vigilância Sanitária do município, Ocílio Sousa, identificou a ocorrência de morte de rolinhas e juritis nas comunidades rurais de Jatobá dos Marques e Lagoa do Maxixe. Ocílio acredita que o motivo também está relacionado ao vírus do Nilo Ocidental.

Nas duas comunidades de Buriti dos Montes, o chefe de vigilância sanitária identificou aves aparentemente fracas caindo de árvores e morrendo nas imediações de açudes. Ao manipular aves caídas ao chão, Ocílio constatou que alguns animais estavam com o saco gular vazio.

“De fato, nosso município apresentou casos de mortes de avoantes em duas comunidades do nosso território. As comunidades são áreas de limite com os municípios de Milton Brandão e Juazeiro do Piauí. Mapeei essa área, notifiquei a Sesapi sobre os casos e estamos esperando uma visita técnica que deve acontecer nos próximos três dias. A gente já tem mobilizado equipes de saúde e vigilância epidemiológica para monitorar esses casos”, falou.

Em julho e agosto deste ano, centenas de pássaros foram encontrados mortos próximo a um poço d'água nos municípios circunvizinhos de Milton Brandão e Juazeiro do Piauí. Conforme os exames preliminares feitos pelo Lacen do Piauí, o cérebro de algumas das aves também mostrava lesões hemorrágicas. Análises mais aprofundadas e específicas serão realizadas pelo Instituto Evandro Chagas.

A Febre do Nilo Ocidental (FNO), que passou a ser conhecida como vírus do Nilo Ocidental ou doença do Nilo, é uma infecção viral causada por um mosquito Culex. Os maiores riscos para infecção do vírus do Nilo estão presentes em áreas rurais e silvestres, onde o mosquito que transmite a doença pode picar o ser humano.

Orientações à população
A Diretoria de Unidade de Vigilância e Atenção à Saúde (Duvas), da Secretaria de Estado da Saúde, deu orientações à população sobre os cuidados a serem tomados com as aves silvestres. Leia:

Não manipular animais encontrados mortos (aves ou equídeos) sem luvas de proteção;

Não consumir aves encontradas mortas ou de procedência desconhecida;

Utilizar repelentes de mosquitos;

Utilizar telas e mosquiteiros nas casas;

Utilizar roupas de mangas longas e calças compridas nas atividades ao ar livre a partir do crepúsculo e antes do amanhecer;

Evitar focos de criadouros de mosquitos.

Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing