27/07/2022

Equatorial Piauí lança segunda turma da Escola de Eletricistas

Como incentivo ao público feminino, a seletiva vai reservar, preferencialmente, 35% das vagas para as mulheres.


A Equatorial Piauí acaba de lançar a segunda turma da Escola de Eletricistas, programa de capacitação que visa a formação de novos eletricistas de redes de distribuição de energia elétrica. O curso é direcionado para homens e mulheres, maiores de 18 anos, que possuam o diploma de conclusão do ensino fundamental e carteira de habilitação categoria B. Serão disponibilizadas 25 vagas na cidade de Teresina e as inscrições devem ser realizadas por meio do site https://loja.mundosenai.com.br/pi/searchbar/index/result/modalidade/28/ , nos dias 27 e 28 de julho de 2022. Como incentivo ao público feminino, a seletiva vai reservar, preferencialmente, 35% das vagas para as mulheres.

O curso é gratuito, ministrado em parceria com o Senai, com carga horária de 40 horas semanais, totalizando 480 horas do curso profissionalizante e 112h de curso comportamental, voltado para a formação de Eletricistas de Rede de Distribuição de Energia Elétrica. Além da capacitação profissional, a Escola também habilitará o aluno em todas as normas regulamentadoras necessárias para a entrada no mercado de trabalho.

Com o objetivo de incentivar a representatividade feminina nas operações do setor elétrico e a igualdade de gênero, o Programa Escola de Eletricistas disponibilizará, preferencialmente, 35% das vagas disponíveis para mulheres.

O gerente de relacionamento da Equatorial Piauí, Joaquim Milhomem, reforça a importância desse tipo de iniciativa. “Estamos acompanhando o desenvolvimento da nossa primeira turma e vemos o quanto esse projeto está sendo importante para os alunos e, por isso, queremos dar a oportunidade para mais pessoas poderem ter essa qualificação no mercado de trabalho.”, explica. Um dos grandes diferenciais da Escola de Eletricistas é o alinhamento da Equatorial com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 1,4,5,8 e 10, da Organização das Nações Unidas (ONU), que visa promover a erradicação da pobreza, educação de qualidade, igualdade de gênero, trabalho decente e crescimento econômico, além da redução das desigualdades, até 2030.

A estudante Carliane Aragão, é uma das alunas do curso e ressalta a importância dessa oportunidade no momento atual. “Com a pandemia ficou bem difícil e a Equatorial está dando a possibilidade de inserir as pessoas no mercado de trabalho por meio do curso. Incrementar o currículo é sempre bom, e essa é uma ótima oportunidade”, destaca.

Sobre o curso

No dia a dia, o profissional eletricista precisa se deslocar para atendimento das solicitações de serviços, para isso, o aluno da Escola de Eletricistas também terá aulas de direção defensiva e condução de veículos com tração 4x4. Além de todo o conhecimento técnico necessário para a capacitação profissional, o programa também contempla cursos comportamentais que tem como principal objetivo apoiar os alunos no desenvolvimento de habilidades cognitivas como raciocínio lógico, comunicação, relacionamento interpessoal de estruturação do Projeto de Vida por meio da carreira na área de energia elétrica. Desta forma, amplia as oportunidades de empregabilidade dos participantes. O programa prevê ainda uma bolsa de incentivo aos alunos selecionados para o curso com o objetivo de auxiliar a subsistência do aluno durante o período de capacitação.

Assessoria de Comunicação Equatorial Piauí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing