21/06/2022

Greco prende segundo suspeito de latrocínio contra policial civil, no Piauí

Foto: Redes sociais

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) prendeu nesta segunda-feira (20) o segundo suspeito pelo latrocínio do policial José Valdeck Mello, de 63 anos.

O policial estava em um bar localizado no bairro Mocambinho, na zona Norte de Teresina, no dia 7 de maio, quando foi abordado por dois homens em uma motocicleta, que anunciaram um assalto. Os suspeitos pegaram a arma de Valdeck e depois realizaram cinco disparos de arma de fogo. Ele ficou internado por 17 dias e acabou falecendo no dia 24 de maio.

O primeiro suspeito foi preso no dia 9 de maio pelo Greco e a Força Tarefa de Segurança Pública. Nessa segunda-feira, os policiais deram cumprimento a um mandado de prisão contra o segundo suspeito, no bairro Cabral, em Teresina.

O homem, identificado apenas como João Victor, possui passagens por tráfico de drogas. Em seu depoimento aos agentes do Greco, negou participação no assaltou que resultou na morte do policial. “Ele apresentou a versão dele, na presença de um advogado, mas as investigações apontam que ele realmente estava no local do crime, bem como um terceiro indivíduo. Ele seria o piloto da motocicleta enquanto o Adalberto teria atirado no policial”, informou o delegado Laércio Evangelista.

De acordo com o delegado, os policiais estão virando alvos dos bandidos que buscam armamento.

“Os bandidos andam à procura de arma de fogo. Nesse caso específico ele não sabia que se tratava de um policial. Ele mesmo confessa que queria tomar um bracelete de ouro, mas a verdade é que os bandidos estão a procura de armas e os policiais tem que cada vez mais se resguarda e tomar precaução”, afirmou.


Breno Moreno e Bárbara Rodrigues
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing