07/05/2022

Suspeitos de integrarem facção ligada a morte de adolescente são presos, no Piauí

A maioria deles eram fugitivos do sistema prisional do Piauí e envolvidos com crimes de tráfico de drogas e homicídios.

Jovem foi encontrada em uma área de difícil acesso no povoado Boquinha, na zona Sudeste de Teresina (Foto: Rede MN)

A Polícia Militar, através do 17° Batalhão, realizou nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (06), a prisão de seis indivíduos em uma residência no Morro do Cego, na região da Vila Irmã Dulce, zona Sul de Teresina. Com eles foi apreendido 16 papelotes de drogas e dinheiro em espécie.

Os policiais militares chegaram até os indivíduos por meio de uma denúncia anônima. No dia seguinte a PM foi ao local apontado e encontraram os suspeitos, sendo a maioria deles eram fugitivos do sistema prisional do Piauí e envolvidos com crimes de tráfico de drogas e homicídios. Em entrevista à TV Meio Norte o cabo Paulo César, do 17º BPM, explicou ainda que os investigados fazem parte da facção criminosa acusada de executar a adolescente Maria Camila Ferreira Nascimento, de 14 anos, encontrada morta no último dia 27 no Povoado Boquinha, na região da Usina Santana, zona Sudeste de Teresina.

“Tanto o DHPP quanto o 17° Batalhão está intensamente dedicado a esse caso. Eles fazem parte da facção ao qual é acusado de ter tirado a vida da menor. Fizemos o cerco desde às 3 horas da manhã na residência e assim que amanheceu o dia a gente deu o bote. Cercamos toda a área e capturamos seis elementos dentro dessa residência. Eles tentaram se desfazer da droga, mas a gente encontrou ainda boa quantidade no vaso sanitário. Mas a gente conseguiu pegar boa parte ainda”, disse o cabo.

O desaparecimento da adolescente
A jovem desapareceu após supostamente ter sido levada por um grupo de criminosos na região da Vila Irmã Dulce, na zona Sul de Teresina. Os familiares iniciaram uma campanha nas redes sociais e buscam por informações a respeito do paradeiro da jovem.


No dia do achado de seu corpo, a jovem estava com as mesmas vestimentas de quando desapareceu, o que ajudou na identificação. As circunstâncias e causas da morte ainda não foram divulgadas e serão investigadas. No entanto, o corpo apresentava sinais de violência.

A mãe da adolescente, Maria Cleone, havia afirmado em entrevista à TV Meio Norte que a filha era usuária de entorpecentes e se relacionava com uma pessoa do mundo do crime.

Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing