01/05/2022

Parnaíba sedia treinamento do IBGE para o Censo 2022


Em preparação para o Censo Demográfico 2022, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) realiza treinamentos dos profissionais que atuarão na pesquisa. No Piauí, entre 3 e 13 de maio, um total de 66 servidores passam por capacitação no município de Parnaíba. Para dar início às atividades, será realizada uma cerimônia no dia 2 de maio, às 19h30, no Auditório Leste da Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar).

Mais de 3 mil pessoas serão contratadas para a coleta de dados do Censo Demográfico 2022 no Piauí. Para habilitar esses profissionais a atuarem na operação, o IBGE realiza treinamentos em cadeia. São formados multiplicadores em cada etapa, que têm a função de repassar o conhecimento para as próximas turmas, conforme cronograma previamente definido.

“Os treinamentos são indispensáveis na medida em que prezam pela garantia da qualidade da informação coletada durante a operação censitária”, ressalta o coordenador de treinamento do Censo Demográfico no Piauí, Tiago Viana. De acordo com ele, o objetivo é que haja uma padronização de conceitos e práticas, para que os dados sejam coletados de forma precisa.

Representantes de cada Unidade da Federação participaram da primeira fase de treinamento ainda em dezembro de 2021, no Rio de Janeiro. Em abril, onze pessoas do Piauí passaram pela capacitação, orientados pelos servidores que estiveram no Rio de Janeiro. Agora, os profissionais treinados em abril atuam como instrutores da etapa mais ampla realizada em maio.

Ao final do treinamento de maio, os participantes estarão preparados para atuarem como instrutores na próxima fase, que capacitará 403 servidores em junho. A última etapa será a habilitação de 2.633 recenseadores, que ocorrerá em julho.

Censo 2022

Com os servidores devidamente instruídos, a operação irá a campo a partir de 1º de agosto. Até 31 de outubro, todos os 900 mil domicílios do Piauí devem receber a visita de um recenseador do IBGE. A entrevista dura cerca de 15 minutos e basta que um morador responda por todo o domicílio. As informações coletadas são confidenciais e não há atrito com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

Com as informações obtidas no Censo Demográfico, os representantes do poder público podem conhecer em detalhe a situação dos habitantes. “Por meio desses dados será possível elaborar políticas públicas para melhorar a realidade das pessoas. Por isso a importância de abrir as portas para o IBGE e dar respostas fidedignas”, enfatiza o chefe da Unidade Estadual do IBGE no Piauí, Leonardo Passos.

Fonte: Portal Costa Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing