13/05/2022

Força Nacional pode ajudar no combate às facções no litoral do Piauí, diz coronel

O número de casos de homicídio no litoral do Piauí tem crescido de forma considerável em 2022.


O diretor da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP), coronel Américo Gaia, afirmou, nesta quarta-feira (11), que o efetivo policial pode dar suporte à Polícia Militar do Piauí (PM-PI) no combate a criminalidade no litoral do estado. Mais de 20 mortes violentas já foram registradas nas cidades litorâneas; somente entre os dias 8 e 9 de maio, duas mulheres foram encontradas mortas na região litorânea.

O coronel Américo Gaia explicou que a Força Nacional pode atuar no Piauí desde que haja um pedido formal da governadora Regina Sousa (PT-PI) junto ao Ministério da Justiça, em Brasília. Gaia participou de uma solenidade realizada hoje na sede do Comando-Geral da Polícia Militar, na zona sul de Teresina.

“Se o Estado não der conta suficiente com relação ao efetivo para fazer frente, a gente pode apoiar com o efetivo, mas o Estado tem dado resposta positiva, especificamente, no que está acontecendo no litoral. O Estado tem feito, as estatísticas têm mostrado isso. O estado está dando uma resposta positiva”, explicou.

Com o avanço de crimes violentos nas cidades de Luís Correia, Parnaíba e Cajueiro da Praia, o policiamento ostensivo foi reforçado nessas cidades, que recebem muitos turistas.

No início deste mês de maio, duas equipes da Força Estadual Integrada de Segurança Pública do Piauí (FEISP) visitaram a sede do 24º BPM, na cidade de Luís Correia. As equipes vão atuar nos municípios de Luís Correia e Cajueiro da Praia.


De acordo com o 24º BPM, a Polícia Militar, Polícia Civil e a FEISP vão atuaram em conjunto com objetivo de reprimir as ações que atente contra a ordem pública, com integração de informações no combate a criminalidade”.

A FTSP Parnaíba – seguindo o modelo proposto pela Secretaria de Operações Integradas (SEOPI/MJSP) – é composta pela Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Penal.

Denúncias sobre atuação de facções criminosas, foragidos da Justiça, tráfico de drogas e outros crimes podem ser encaminhadas, de forma anônima, ao endereço eletrônico: bit.ly/denunciapcphb.

Fonte: Clube News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing