29/04/2022

Prefeito Mão Santa determina que seja intensificado combate ao mosquito da dengue


Atento ao aumento dos casos de dengue e chikungunya, o prefeito Francisco de Assis de Moraes Souza, Mão Santa, determinou que seja intensificado o combate ao mosquito aedes aegypti.


O trabalho já realizado de forma contínua por equipes do Centro de Controle Zoonoses da secretaria municipal de Saúde, está intensificado principalmente em terrenos baldios e locais de proliferação do mosquito.

O Aedes aegypti é transmissor não só da dengue, mas também da chikungunya. Menor do que os mosquitos comuns, é preto com listras brancas no tronco, na cabeça e nas pernas. Suas asas são translúcidas e o ruído que produzem é praticamente inaudível ao ser humano.


Em média, cada mosquito vive em torno de 30 dias e a fêmea chega a colocar entre 150 e 200 ovos. Se forem postos por uma fêmea contaminada pelo vírus da dengue, ao completarem seu ciclo evolutivo, transmitirão a doença.


O Aedes aegypti põe seus ovos em recipientes como latas e garrafas vazias, pneus, calhas, caixas d’água descobertas, pratos sob vasos de plantas ou qualquer outro objeto que possa armazenar água da chuva. O mosquito pode procurar ainda criadouro naturais, como bromélias, bambus e buracos em árvores.


A prefeitura solicita que a população receba o agente de saúde em sua residência, e lhe acompanhe durante vistoria ao imóvel. Lembrando-se sempre que a responsabilidade pelo combate ao mosquito começa no cuidado de cada um de nós em nossas casas.

Prefeitura de Parnaíba, a prefeitura faz e vai fazer muito mais!

SupCom - PMP
Texto: Bruno Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing