04/04/2022

Comerciante é assassinado a tiros dentro do próprio estabelecimento, no Piauí

Foto: Reprodução Redes Sociais

Um comerciante de 61 anos foi a morto a tiros na porta do seu comércio na manhã desta segunda-feira (04), por volta das 7h, no Bairro de Flores, município de Campo Maior, a 78 quilômetros de Teresina.

De acordo com o comandante do 15º BPM, major Etevaldo Alves, criminosos armados chegaram ao local de motocicleta e efetuaram disparos contra Francisco das Chagas da Silva que abria o seu estabelecimento no momento do crime.

“O comerciante Francisco das Chagas da Silva, no momento em que abria o seu comércio, foi surpreendido com a chegada de dois elementos em uma motocicleta que efetuaram alguns disparos de arma de fogo”, explicou o comandante.

Após o crime, os suspeitos se evadiram do local. O comerciante não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local.

A área foi isolada pelo 15º BPM que aguardavam a chegada da perícia e do Instituto Médico Legal (IML) para fazer a remoção do corpo da vítima.

O comandante Etevaldo Alves acrescentou ainda que o comércio de Francisco das Chagas já havia sido assaltado há menos de um mês por uma quadrilha que foi presa pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Teresina.

“Esse mesmo comerciante foi assaltado a menos de um mês e no mesmo dia, uma quadrilha foi presa pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Teresina, o que praticaram esse assalto contra o comerciante e levaram algumas joias dele" , ressaltou.

Após alguns dias, um dos integrantes dessa quadrilha, o jovem Edson de Moura Filho, mais conhecido como Edinho, foi morto a tiros na porta da sua casa. A Polícia Civil irá investigar se os dois crimes possuem ligação.

“Alguns dias depois, um dos elementos dessa quadrilha foi morto aqui em Campo Maior, então ainda é muito preliminar passar qualquer informação da ligação desse homicídio de hoje, com o homicídio que aconteceu recentemente que vitimou o traficante de nome Edinho, porque o Edinho fazia parte dessa quadrilha que assaltou o comerciante há menos de um mês aqui na cidade. É muito preliminar informar, mas a polícia investigativa vai agora averiguar a partir de agora”, informou o major Etevaldo Alves.

Rebeca Lima
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing