07/02/2022

Professor volta a ser preso suspeito de estuprar aluna e cometer assédios em escola no Piauí

Em novo mandado de prisão preventiva, o suspeito foi preso em Teresina.

Delegacia de Proteção A Criança e ao Adolescente (DPCA) em Teresina — Foto: Lucas Marreiros / G1

Foi preso, novamente, na manhã da última sexta-feira (4), em Teresina, um professor de 43 anos, que não teve a identidade revelada, suspeito de estupro contra uma aluna adolescente, quando atuava em escola particular de Teresina. Ele havia sido preso em novembro de 2021 em Fortaleza, mas estava solto. De acordo com a polícia, ele estava em casa e não resistiu a prisão.

Após um novo mandado de prisão preventiva, o suspeito foi preso na capital piauiense. Segundo a Polícia Civil do Piauí, os assédios teriam acontecido no ambiente escolar e o estupro na casa do profissional, em Teresina. O pai, ao saber do fato, procurou a polícia.

A Gerência de Polícia Especializada e Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA) está responsável pelas investigações do caso. O delegado Matheus Zanatta explicou que justiça expediu o mandado de prisão devida a gravidade da conduta do professor:

"O juiz entendeu que a prisão deveria ser decretada com base na ordem pública tendo em vista a gravidade da conduta e pelo fato da vítima ser aluna do professor preso. O inquérito já se encontra concluído e remetido a justiça. O professor foi preso em apartamento na Zona Leste de Teresina, encaminhado para penitenciária e já se encontra a disposição do poder judiciário" contou o delegado.

Fonte: Portal G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing