29/01/2022

Cerapió: Piloto pode ter morrido de exaustão após errar trilha, diz direção

De acordo com Erhlich Cordão, diretor-geral do Cerapió, esta era a primeira vez que o piloto capixaba participava do evento.

Direção do Cerapió diz que causa da morte de piloto pode ter sido exaustão (Foto: Divulgação)

A direção do Rally Cerapió 2022 se pronunciou nesta sexta-feira (28) sobre a morte do piloto Daniel Santos, de 36 anos, da cidade de Nova Venécia (ES), encontrado morto na noite de ontem em uma área de trilha no distrito de Ubatuba, no município de Granja (CE), divisa com o estado do Piauí.

Daniel participava da competição na modalidade motos e estava desaparecido desde quarta-feira (26), quando não retornou ao local da chegada do terceiro dia de provas, que partiu de Ubajara (CE) com destino a Luís Correia (PI). De acordo com Erhlich Cordão, diretor-geral do Cerapió, esta era a primeira vez que o piloto capixaba participava do evento. Daniel Santos foi encontrado deitado, com causas da morte ainda não identificadas. A moto foi encontrada em pé, com o capacete ao lado. No entanto, o diretor acredita que ele tenha sofrido um processo de exaustão após ter errado a trilha.

“A gente acredita que ele teve um processo de exaustão. Ele fez um esforço físico muito grande. Errou a trilha e isso dificultou nossa equipe de busca. Nós começamos a acionar nossa equipe a partir das 16 horas da tarde perguntando para as pessoas, indagando os pilotos. A gente fez esse levantamento. Rodamos a noite inteira, até às cinco da manhã e não o encontramos. Ele errou o caminho e desceu 2 km em uma trilha muito fechada e quando chegou lá embaixo, não tinha mais como subir. Ele estava deitado no chão de bruços, a moto dele estava em pé, sem capacete e sem o colete. Não foi um acidente violento, nada disso, pois nossa prova não é uma prova de velocidade e sim de regularidade. A gente ficou muito triste com isso, a gente não queria isso e lamentamos o que aconteceu com ele. Nós da família Cerapió estamos solidários com a família do piloto Daniel”, explicou Erhlich Cordão.

A organização do evento chegou a cancelar a última etapa do evento, prevista para hoje, que seria realizada entre Parnaíba (PI) e Barreirinhas (MA). Erhlich Cordão explicou ainda que a competição exige o atestado médico de todos os participantes e destacou as equipes médicas que atuam junto as provas.

“A gente tem uma preocupação muito grande de exigir de todos os inscritos o atestado médico. A gente tem na trilha uma equipe ‘vassoura’, que vem varrendo a prova de moto. E nós temos acompanhado paralelamente naquelas estradas onde carros são permitidos andar - a gente tem dois carros com paramédicos e todos os equipamentos de primeiros socorros. Então, quando os vassouras desceram a serra perto do município de Ubatuba e de Granja, não o encontraram. Essa era a primeira vez que ele participava do Cerapió. Ele já participava no estado dele de outras provas, mas é um sonho de todo piloto participar de vários eventos importantes, como o Cerapió, Sertões, Ibitipoca, como o Independência. Os pilotos têm vontade de participar nem que seja uma vez só para estar no seu currículo. Essa era primeira vez que o Daniel estava vindo”, pontua.

Direção do Cerapió diz que causa da morte de piloto pode ter sido exaustão (Foto: Divulgação)

A direção do evento lamentou a morte do piloto e ainda anunciou que vai homenageá-lo no livro de 35 anos da história do Rally Cerapió. “Nós vamos fazer uma homenagem a ele no nosso livro que vamos produzir agora dos 35 anos e vamos dedicar uma página ao Daniel. A sua vida, com sua família, empresas dele com as trilhas que ele já fez; ou seja, a gente vai saudá-lo com muita tristeza no coração”, finaliza Erhlich Cordão.

NOTA DE PESAR
É com muita tristeza que o Rally Cerapió lamenta o falecimento do piloto Daniel Santos nesta quinta-feira (27/1), em uma área de trilha no distrito de Ubatuba, no município de Granja (CE), divisa com o estado do Piauí. Daniel participava da competição na modalidade motos e estava desaparecido desde quarta-feira (26/1), quando não retornou ao local da chegada do terceiro dia de provas, que partiu de Ubajara (CE) com destino a Luís Correia (PI).

Daniel Santos era empresário, tinha 36 anos e morava na cidade de Nova Venécia (ES). O piloto foi encontrado deitado, com causas da morte ainda não identificadas. Não havia sinais de violência no corpo nem de acidente ou de possíveis crimes. A moto foi encontrada em pé, com o capacete ao lado. 

A última etapa do Rally Cerapió, que seria realizada nesta sexta-feira (28/1), entre Parnaíba (PI) e Barreirinhas (MA), foi cancelada, assim como a cerimônia de premiação, em respeito a esse momento. Toda a equipe do Rally Cerapió se solidariza aos familiares e amigos de Daniel.

Direção do Cerapió diz que causa da morte de piloto pode ter sido exaustão (Foto: Divulgação)

Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing