01/10/2021

PM é preso suspeito de comercializar armas e munições de forma ilícita no Piauí

Investigação aponta que o PM comprava armas e munições de terceiros sem os devidos registros e documentações e comercializava com civis e outros policiais.

Policial foi levado para o presídio militar da PM-PI — Foto: Andrê Nascimento/ G1 PI

Um policial militar foi preso, na manhã desta sexta-feira (1º), em Teresina, suspeito de comercializar armas e munições na região de São Raimundo Nonato, no Sul da capital, onde ele era lotado. A prisão foi parte da segunda fase de uma operação da Polícia Civil do Piauí em combate aos crimes de tráfico de drogas, de armas e de munições.

De acordo com a polícia, o policial comprava armas e munições de terceiros sem os devidos registros e documentações e comercializava com civis e outros policiais. Segundo a polícia, essas armas poderiam ser utilizadas para crimes.

O policial também é investigado por associação criminosa, porque a polícia acredita que ele não atuava sozinho. Contudo, as investigações ainda estão em andamento. Após a prisão, ele foi levado para o presídio militar.

Ao g1, o Comando da Polícia Militar do Piauí informou que um procedimento administrativo será aberto para apurar a parte disciplinar do policial e que, dependendo do andamento do processo criminal, ele poderá perder o cargo.

Outra prisão
A operação resultou ainda na prisão de uma mulher em Serrana (SP), que, segundo a polícia, tem ligação com pessoas investigadas em São Raimundo Nonato. Além das prisões, também foram cumpridos mandados de busca e apreensão em Teresina, São Raimundo Nonato e Serrana.

A primeira fase da operação foi deflagrada no dia 16 de setembro. Na ocasião, nove, dos 11 alvos, foram presos em cumprimento a mandados de prisão e 13 mandados de busca e apreensão forma cumpridos em Dirceu Arcoverde, São Raimundo Nonato e Serrana.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing