17/08/2021

Homem é preso por estupro contra 10 garotos em Tanque do Piauí

Polícia Civil fez a prisão do homem — Foto: Polícia Civil

Escrivão de Polícia Civil acompanhou depoimento de vítimas e do homem, que foi preso após pedido de prisão preventiva. Ele confessou os abusos e afirmou que havia consensualidade. Contudo, lei prevê que atos libidinosos com menores de 14 anos, em qualquer circunstância, são considerados estupro.

Um homem de 27 anos, não identificado, foi preso por estupro contra pelo menos 10 adolescentes, com média de 12 anos de idade, na cidade de Tanque do Piauí, cidade distante cerca de 240 km de Teresina. A prisão foi feita na quinta-feira (12) e o homem foi transferido para a penitenciária de Picos.

De acordo com o escrivão da delegacia de Polícia Civil de Elesbão Veloso, Aécio Coimbra, pelo menos sete vítimas, todos adolescentes do sexo masculino, já foram ouvidos e relataram os abusos. Outros três já foram ouvidos pelo Conselho Tutelar e ainda devem depor à polícia.

Relação de confiança e "amizade"
Segundo o escrivão, eles tinham uma relação de proximidade com o homem e frequentavam a casa do homem, segundo relatos das vítimas e do próprio preso. Segundo a polícia, ele conquistava as vítimas sem ameaçar ou oferecer nada em troca.

"Ele ia 'na conversa', digamos assim. Não havia ameaças. Ele ganhava a confiança e levava eles pra casa dele, onde ele morava com a mãe. Mas a mãe é adoentada, provavelmente não sabia de nada. Para todos, a relação era de amizade, já que ele era novo", contou.

Primeira denúncia motivou outras
As primeiras denúncias chegaram à delegacia de Elesbão Veloso, responsável pelas investigações, há cerca de um mês. A delegada Jailza Pinheiro estava à frente das investigações inicialmente e contou ao G1 que depois do primeiro caso denunciado, outros apareceram.

"Depois que um dos garotos denunciou, outros apareceram. Com os depoimentos, fiz o pedido de prisão", relatou a delegada.

O caso agora continua sob investigação e a polícia ainda vai ouvir mais adolescentes. Segundo o escrivão, ao ser preso o homem foi ouvido e confessou os abusos e afirmou que as relações com os jovens eram consensuais.

Contudo, o Código Penal Brasileiro prevê que atos libidinosos envolvendo menores de 14 anos, em quaisquer circunstâncias, são considerados estupro de vulnerável. A pena prevista é de reclusão, de oito a 15 anos.

Fonte: Portal G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing